Páginas

sábado, 20 de outubro de 2018

Após polêmica do #elenão milhares de "deslikes" contra Anitta são revertidos no canal Netflix


Imagem de reprodução
A equipe do portal Curió recentemente publicou uma matéria com prints das redes sociais da cantora Anitta, que está com o canal no Youtube visivelmente "congelado" após publicar um vídeo nas redes sociais atacando diretamente Jair Bolsonaro, candidato a presidente do PSL. 








Logo após a publicação do ataque ao candidato em vídeo intitulado de #elenão, o próprio público da cantora ficou revoltado, indignado com o discurso desconexo e começou deixar milhares de deslikes nos vídeos de Anitta, além de fazer comentários contra a cantora e também incentivar que usuários deixassem de pagar a empresa de Streaming Netflix ao qual a funkeira recebe patrocínio.

O que vem ao caso agora é que em nossa matéria, confirmamos, registramos e divulgamos o print do vídeo "Vai Anitta | Teaser [HD] | Netflix" com 74 mil deslikes contra 36 mil likes.

Veja o print abaixo registrado no dia 15 de outubro de 2018 pela equipe do Curió:



Agora, o mesmo vídeo, aparece com 37.137 likes contra 8.500 deslikes, como se pode ver no print abaixo, registrado dia 20 de outubro de 2018:


Após divulgação do print confirmando a quantidade de deslikes que Anitta vinha recebendo na matéria anterior, começamos receber ataques e ameaças com afirmações de que estávamos publicando e espalhando prints manipuladas, mentirosas em uma "fake news" contra a cantora para favorecer Jair Bolsonaro do PSL. 
Cinco dias depois da publicação da matéria, decidimos verificar novamente o vídeo de Anitta no canal Netflix. Ao olhar para as avaliações, ficamos surpresos com a reversão de deslikes.
Houve uma redução de ao menos 65.447 mil deskikes nesse período, o que nos levou a fazer essa retratação confirmando os fatos divulgados na matéria anterior para que não haja dúvidas referente a nossa seriedade com os leitores e credibilidade.

Entenda o caso: 

Depois do polêmico vídeo contra o candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL), a cantora perdeu milhares de seguidores no Instagram e inscritos no Youtube. 
No final do vídeo #elenao, contra Jair Bolsonaro, que irritou grande parte de seus próprios seguidores, Anitta ainda desafiou as cantoras Ivete Sangalo e Claudia Leitte a fazer o mesmo, porém até o fechamento desta matéria, não se posicionaram. 
A cantora Marília Mendonça, também gravou um vídeo, mas após ser repreendida por seguidores, decidiu excluir e fez uma publicação pedindo desculpas. 
A nossa equipe foi verificar e identificou que foram desativadas as opções de comentários e likes. O penúltimo vídeo divulgado “Vai Anitta | Teaser [HD] | Netflix”, teve as opções de comentários desabilitadas e é possível comprovar o milhares de deslikes no print registrado no dia 15 de outubro de 2018 pela equipe do Curió:




O comentário mais avaliado nesse vídeo diz: 

“ Sou mulher, sou negra, sou inteligente e não sou frágil e FRAQUEJADA só por causa do comentário do Bolsonaro. Atire a primeira pedra quem é a menina que nunca falou mal de homem. Quem é fraquejada é quem se “vitimiza” com um comentário de defesa depois de ser xingado de estuprador. Se eu xingasse de estuprador um homem que não é, e que estou defendendo uma vitima de estupro eu iria merecer ser chamada de VAGABUNDA. Ou seja, Maria do Rosário. Aceitem que dói menos. FRAQUEJADA É QUEM se “vitimiza”. Quem é feminista e quem não tem respeito só por que acha que é mulher. Se eu ver alguém passando a mão em mim no ônibus ou metrô, não quero ninguém me vendo como vítima e fazendo demagogia da mulher na Fátima Bernardes. 
Quero a lei da castração química. Quando um homem relar a mão em mim ou o Penis dele. Quero ser mulher, não quero ser vítima da sociedade. Estuprou. Corta o Pinto. Matou 30 pessoas? Prisão perpétua ou pena de morte. Não 30 anos e depois sai da cadeia. Eu quero um PRESIDENTE que se inspira nas leis dos Estados Unidos não da Venezuela. Acorda pessoal. É agora ou nunca. #elesim "



O segundo comentário mais avaliado diz “Netflix apoiando uma traidora da Pátria não merece minha assinatura.” 
Uma internauta ainda previu: “Anita tirou opção like deslike no YouTube. Sabe que vai ser massacrada, mexeu com força maior que público lacrador dela, estamos aguardando seu próximo clip Anitta, chuva de deslike te aguarda” 
O segundo comentário mais avaliado diz “Netflix apoiando uma traidora da Pátria não merece minha assinatura.” 
Uma internauta ainda previu: “Anita tirou opção like deslike no YouTube. Sabe que vai ser massacrada, mexeu com força maior que público lacrador dela, estamos aguardando seu próximo clip Anitta, chuva de deslike te aguarda” 
Percebe-se que a cantora foi infeliz ao atacar o candidato Jair Bolsonaro e que ao invés de receber elogios e apoio, acabou perdendo prestígio e admiração do seu próprio público que agora aguarda um novo vídeo para deixar seus deslikes e comentários negativos. 

Imagens das redes sociais, redação Portal Curió
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário