Páginas

quinta-feira, 13 de setembro de 2018

Mulher fica com língua peluda e preta após tomar remédios prescritos.


Você e sua língua já estão juntas há muito tempo, então é normal ter uma ideia bastante sólida de como ela deve estar diariamente. Por isso, seria totalmente compreensível se você surtasse completamente ao ver sua língua peluda e preta. Sim, isso aconteceu de verdade! 







O caso ocorreu com uma mulher não identificada e acabou sendo compartilhado em um jornal médico. A mulher em questão, de 55 anos, sofreu um acidente de trânsito, que danificou gravemente suas duas pernas, que foram esmagadas pelo carro em que ela viajava nos Estados Unidos.
Como resultado desse fato, os médicos do hospital de St. Louis prescreveram um antibiótico para curar as infecções sofridas na área afetada. Entretanto, uma semana depois, começou a sentir náusea, um gosto ruim na boca e notou que sua língua ficou preta e com pequenos pelos. 


A suspeita dos médicos era de que o remédio teria causado esses sintomas. E eles estavam certos: sua condição tem o nome de “língua negra pilosa”. 

Mas, como assim, isso existe? 

Sim, existe! Trata-se de uma condição benigna e temporária que, basicamente, faz com que sua língua fique preta e com pelos. De acordo com o Centro de Informação sobre Doenças Genéticas e Raras dos EUA, ela ocorre devido à falta de estimulação na parte superior do órgão, resultando no acúmulo de uma proteína chamada queratina – a mesma que compõe o cabelo. 


Embora possa acontecer a qualquer momento e com qualquer pessoa – por mais que seja mais comum em pessoas mais velhas –, alguns fatores do estilo de vida podem influenciar. São eles: álcool ou tabaco, desidratação, higiene bucal deficiente e uso de medicamentos como antibióticos.
Como a língua peluda preta é temporária, ela pode sumir sozinha. A indicação dos médicos é de evitar os fatores de risco que possam ter causado o problema. Além disso, é importante manter uma ótima higiene bucal.
Voltando a mulher da história de hoje, ela parou imediatamente de tomar o antibiótico e em menos de um mês sua língua retornou à sua cor natural.



Informações: Womens health brasil e Telefe Notícias
Imagens: Reprodução The New England Journal of Medicine
Edição: NC
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário