Páginas

quinta-feira, 13 de setembro de 2018

Eles sabiam que havia uma porta estranha em seu quintal até que finalmente decidiram abri-la.


A família Zwick vive em sua casa em Neenah, Wisconsin por mais de uma década. Eles sabiam que havia uma pequena porta de metal escondida em seu quintal, mas eles nunca tiveram tempo de abrir para explorar; até que um dia eles decidiram abri-la e encontraram algo fascinante. 








A família removeu os arbustos que haviam crescido na porta e abriu a corrente antes de descer a velha escadaria enferrujada que levava a uma câmara de concreto de 2,5 por 3 metros. 


"Nós pensamos que era apenas este espaço vazio", disse Carol Zwick ao USA Today . 




Surpreendentemente, a descoberta acabou por ser mais que um quarto vazio. Havia caixas enferrujadas de munição militar flutuando na água, que haviam se infiltrado no abrigo ao longo das décadas e atingido uma altura de 1,5 metro. 



Uma das caixas continha roupas que tinham começado a se decompor e cheirar mal. Enquanto outras tinham suprimentos, como leite, café, damascos, flocos de milho, biscoitos que ainda estavam em bom estado de conservação.
As caixas continham tudo o que é necessário para sobreviver a um possível ataque nuclear soviético da década de 1960, pelo menos por algumas semanas. O esconderijo subterrâneo fora construído pelo proprietário anterior, Frank Pansch, um cirurgião local, durante a "loucura dos abrigos nucleares" no final dos anos 1950 e início dos anos 1960. 




"Havia comida, roupas, suprimentos médicos, ferramentas, lanternas, baterias, em suma, objetos que você gostaria de ter em um abrigo, se você planejasse morar lá por duas semanas", disse Carol. 



A família notificou o Departamento de Álcool, Tabaco, Armas de Fogo e Explosivos quando notaram que algumas caixas tinham marcas que sugeriam a presença de explosivos em seu interior.
Os investigadores responderam mas não encontraram nada perigoso dentro das caixas suspeitas.
"Eu acho que é interessante ter um pedaço de história em seu próprio quintal", Carol disse à FOX 11. "Isso faz você voltar a um tempo em que as pessoas estavam realmente pensando em se proteger da guerra nuclear". 


A família doou todos os achados para o Neenah Historical Society.
Você gostaria de achar uma “cápsula do tempo” como está em seu próprio quintal? 

Informações: Daily Mail
Imagens: Reprodução Ken Zwick
Edição: NC
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário