Páginas

quarta-feira, 12 de setembro de 2018

Ele decidiu doar um órgão vital para um homem que mal conhecia. O que ele descobriu depois mudou completamente seu destino.


Existem coisas na nossa vida que acontecem sem nenhuma explicação, pelo simples motivos de que tinham que acontecer. Exatamente por não conseguirmos explicar é que elas são tão surpreendentes.










Em outubro de 2014, Don e Belinda Herbert resolveram fazer uma parada em um brechó durante um passeio de carro. Naquele momento, eles ainda não sabiam, mas essa decisão mudaria suas vidas.


Enquanto estavam no brechó, Don escutou uma música vindo de uma igreja e, por ser um cantor de música gospel, resolveu entrar na capela. Lá, ele conheceu Tim Jones. Os dois se tornaram amigos e se adicionaram no Facebook. Depois, o casal seguiu viagem.


A rotina de Don e Belinda não tinha sido fácil ao longo dos últimos 12 anos. Don tinha uma doença crônica grave, o que deixava sua esposa constantemente preocupada. 6 meses antes do encontro com Tim, Don havia feito um transplante de fígado. A operação havia corrido bem, mas logo depois, ele recebeu outra notícia terrível: seus rins pararam de funcionar!
Ele precisou começar a fazer diálise, mas a única coisa que salvaria sua vida seria um doador de rim. Infelizmente, isso poderia levar de 3 a 5 anos. Belinda achou que não aguentaria conviver com aquela incerteza por tanto tempo. Então, uma noite, ela se sentou em frente ao computador e publicou no Facebook um pedido de ajuda desesperado: "Eu quero que o homem que eu amo tenha uma vida longa. Eu quero envelhecer com ele ao meu lado", escreveu.

Este é o desabafo de Belinda na íntegra:

"Ontem, Don teve várias consultas o dia inteiro, e nós recebemos boas e más notícias, e eu (Belinda), estou pedindo a vocês que rezem muito, junto comigo, por ele. A notícia ruim é que ele precisa de um cateterismo no coração devido a um teste de esforço alterado, mas este procedimento vai destruir os seus rins e ele terá que fazer diálise. Os médicos estão dizendo que não têm certeza de que a diálise sequer irá funcionar, já que os rins estarão destruídos. O tempo de espera por um órgão, de acordo com a Fundação Nacional do Rim, é de 3 a 5 anos. Os rins de Don não vão durar tanto tempo. A boa notícia é que você pode ser um doador vivo, mesmo que seu tipo sanguíneo não seja compatível com o de Don! Existe um novo programa disponível, no qual um doador, independente de tipo sanguíneo, pode doar para um completo estranho, e depois eles encontram um doador compatível com Don em troca. Assim, a pessoa que doar seu rim ainda seria a responsável por ele receber o transplante. A cirurgia do doador seria feita por laparoscopia, e o plano de saúde de Don cobriria os custos. Eles pagariam até por qualquer coisa relacionada a qualquer problema referente a problemas nos rins pelo resto de sua vida. A única coisa exigida do doador é que ele tenha seu próprio plano de saúde, caso eles descubram um problema de saúde durante os exames que precisam ser feitos antes, e assim o seu plano cubra. Eu estou disposta a ser a doadora, mas eu não tenho um plano de saúde e nós não temos como pagar por um. É tão difícil pedir algo tão grande, mas eu quero que o homem que eu amo tenha uma vida longa. Eu quero envelhecer com ele ao meu lado. Eu estou pedindo ajuda. Se alguém se interessar em ser o doador, ou ajudar a organizar doações em dinheiro, ou doar para que eu consiga um plano de saúde pra mim, apenas pelo tempo suficiente para que eu passe pela fase de testes, por favor, me mande mensagem ou me telefone. Eu sei que a vontade de Deus será feita. Que Deus abençoe a todos."

Seu apelo chegou até Tim. As palavras desta esposa aflita o comoveram e ele foi o primeiro a atender seu pedido. Ele telefonou para Belinda e prometeu ajudá-la de todas as maneiras. O que ele não poderia imaginar era que esta decisão também mudaria seu destino.
Tim decidiu fazer um exame de sangue para descobrir se ele era compatível. Inacreditavelmente, o teste mostrou que não só ele tinha o grupo sanguíneo ideal, mas também era o doador perfeito para Don. 


Ele era 1 em 20.000! Don e Tim foram operados e Tim salvou a vida do amigo, mesmo que tendo se conhecido há apenas algumas semanas em um encontro casual, porém determinante. No entanto, logo depois, os médicos fizeram uma descoberta chocante.
Durante a cirurgia, eles encontraram um aneurisma no corpo de Tim. Esse aumento na artéria poderia tê-lo levado à morte se não tivesse sido encontrado. Mas, por sorte, o aneurisma pôde ser removido sem problemas. O destino fez com que, ao doar seu rim, Tim acabasse salvando a sua própria vida!
Os dois homens se recuperaram bem e ficaram perplexos com essa coincidência incrível que mudou suas vidas.


Compartilhe essa história incrível com seus amigos, se você, assim como nós, acredita que atos de bondade devem ser disseminados pelo mundo!

Informações: CBN via Não Acredito
Imagens: Reprodução Youtube/CBN e Facebook
Edição: NC

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário