Páginas

quinta-feira, 2 de agosto de 2018

Lembra da grávida fotografada após ser diagnosticada com câncer durante a gestação? Saiba o que aconteceu com ela.


Kate Murray, da Flórida (Estados Unidos), é uma fotógrafa com alma e coração. Suas imagens proporcionaram memórias incríveis para centenas de pessoas. 














Mas essa é uma foto especial que ficou marcada na memória de Kate para sempre. É a imagem de uma mulher que ela havia pedido para fotografar enquanto dava à luz. 



A americana Sarah Whitney, de 31 anos, foi diagnosticada com câncer de mama durante a gestação de seu terceiro filho. Durante a gravidez, ela passou por uma mastectomia para remover um seio e soube que não poderia amamentar o bebê por muito tempo. Para ela, esta foi a maior tristeza sobre a doença. 


Após 36 semanas, os médicos induziram o parto para que pudessem tratar o câncer de maneira que ela pudesse sobreviver para seu filho. Assim que o bebê nasceu, a fotógrafa Kate Murray registrou o momento em que mãe amamenta o filho pela primeira vez - a emocionante cena viralizou. Uma experiência que Sarah só teve durante duas semanas, até começar a radioterapia e a quimioterapia.
A fotógrafa Kate Murray foi a primeira a capturar este momento singular. “Esta é a definição de força, amor e pura beleza”, ela escreveu em sua página no Facebook. “Este garoto já provou no nascimento que herdou a força de sua mãe. Esta foto partiu meu coração e o encheu de alegria ao mesmo tempo”. 


Um parto é um milagre por si só, conectado com inacreditáveis quantidades de emoções e sentimentos. Eu mal consigo imaginar como a mãe doente se sentiu quando pôde finalmente, após meses de tortura, carregar seu filho em seus braços. Que milagre! 


Mas, a melhor parte dessa história é que o amor e garra de Sarah conseguiram vencer o câncer de mama. 



Seis meses depois do nascimento de seu terceiro filho e da fotografia que emocionou internautas de todas as partes do mundo, ela recuperou grande parte de seus cabelos de volta e parece saudável na foto junto ao filho. 


Na vida de Sarah, o câncer de mama agora é tratado apenas como um pesadelo, que ela está se dedicando em esquecer completamente. 

Informações: Não Acredito e Rede TV
Imagens: Reprodução facebook/ Super Sarah Supporters
Edição: NC
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário