Páginas

terça-feira, 17 de julho de 2018

Todos os dias este homem sumia na madrugada e voltava exausto de manhã. 22 anos depois descobriram a verdade.


Prepare-se, essa será uma daquelas histórias difíceis de acreditar, mas que nos inspiram e nos impactam de alguma forma, pois é difícil conhecer pessoas com tamanha determinação em ajudar os outros. 








Dashrath Manjhi passou sua vida inteira em um pequeno vilarejo na Índia. Ele e sua mulher, Falguni, não tinham muitas posses, mas eles se amavam e eram felizes. Mas um dia, Falguni ficou gravemente doente e estava claro que ela precisaria ser levada a um médico. Dashrath e sua esposa saíram a pé para ir até a cidade mais próxima, a quase 80,5 km de distância. Eles foram o mais rápido que conseguiram, mas a estrada era traiçoeira e, para piorar tudo, eles tinham que passar por uma montanha para chegar ao seu destino. Falguni não sobreviveu à jornada.
Para Dashrath, a perda de sua esposa foi devastadora. Ele não tinha ideia do como continuaria a viver com toda aquela dor emocional. 


Tomado pelo luto e pela raiva, ele bolou um plano. Ele passou os últimos dias juntando o material que precisaria para colocá-lo em prática.
Era um plano de proporções astronômicas. Parte por parte, pedra por pedra, ele começou a escavar, usando formão, martelo e uma pá, um caminho pela montanha que antes havia impossibilitado a sobrevivência de sua mulher. 



Ele estava determinado a fazer com que ninguém mais tivesse o mesmo destino que ela. Mesmo sendo imenso, o plano dele era na verdade bastante direto: ele iria construir uma estrada cortando a montanha!
Dia a dia, motivado pela tristeza, Dashrath escavou incansavelmente. Ele estava determinado a ajudar seu vilarejo e fazer com que as pessoas tivessem um futuro melhor. 


Todo dia, de madrugada, por 22 anos, ele desaparecia na montanha. E toda noite ele voltava ao vilarejo esgotado.


Isso se tornou um ritual, que ele seguiu devotadamente até seu falecimento em 2007.
Este é o resultado do monumento de tirar o fôlego criado pela sua determinação: uma passagem de 7,6 metros de altura, 9 metros de largura e mais de 90 metros de comprimento! 


Mais de vinte anos depois de Dashrath iniciar seu incrível projeto, seus companheiros de vilarejo finalmente entenderam o que ele esteve fazendo por todo aquele tempo.
O incrível feito de Dashrath transformou completamente a vida de todo mundo em seu vilarejo e até a vida das pessoas dos vilarejos vizinhos. A jornada até a cidade mais próxima que era de 80 km, agora é de apenas 5 km!
A vida mudou drasticamente para melhor. Mais jovens estão indo para a escola e outras pessoas encontraram empregos mais bem remunerados na cidade. 


Dashrath um dia foi considerado louco, mas agora as pessoas se lembram dele de uma maneira muito diferente.


"Dashrath morreu frustrado, e o trabalho dele nunca foi reconhecido ou recompensado, mas hoje as pessoas se lembram dele e ele inspirou muitas delas", comentou um morador do vilarejo. 


Este homem usou seu luto como uma maneira de transformar tamanha dor em alguma alegria para os outros. Um homem iluminado, como poucos! 

Informações: Positivr via Não Acredito
Imagens: Reprodução
Edição: NC
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário