Páginas

terça-feira, 24 de julho de 2018

Mulher cuida de cachorro que veterinário havia dito que não sobreviveria. É inacreditável o estado que ele está agora.


Às vezes, a realidade é tão difícil de ser enfrentada que algumas pessoas viram a cabeça para o outro lado. Mas podemos perceber que sempre há esperança e ajudando aqueles que não podem se ajudar, podemos ser surpreendidos com recompensas inesperadas. 








Durante uma viagem a Bali, Andrea ficou horrorizada quando encontrou um cachorrinho em condições deploráveis. Ele estava magro como um esqueleto e muito fraco por desnutrição e doenças, e mal conseguia andar. O animalzinho estava quase completamente sem pelo, mas o pior eram suas orelhas. Elas estavam feridas e cobertas por crostas. 


A mulher logo percebeu que precisaria fazer algo para salvar a vida daquele cão, com todo cuidado ela o pegou e levou ao veterinário mais próximo. Entretanto, o médico disse que não havia salvação. A eutanásia seria o melhor remédio.
Após aquela notícia devastadora, Andrea perdeu o chão. Porém, ela não se convenceu que aquele seria o destino daquele cachorro que havia acabado de resgatar, ela sentia que poderia fazer mais por ele. Ela resolveu levá-lo para sua casa e chamou-o de Benji. 


Suas orelhas tinham uma infecção que comia sua carne e provocava muita coceira; por isso era preciso injetar antibióticos no animal regularmente. 


Além disso, ela lavava sua pele e cobria seu pobre corpinho com óleo de coco puro todos os dias. 


Depois de muito carinho e amor, ao longo do tempo, o rabinho de Benji começou a abanar novamente - e não parou de abanar desde então, exceto quando ele está dormindo. 


Apesar de ter sido renegado pelo veterinário, o cãozinho se alimentou muito bem, deixou que Andrea o abraçasse, e até suas orelhas começaram a melhorar. Quando sua pele se recuperou, seu belo pelo voltou a crescer.



Ainda bem que Andrea não desistiu de Benji, pois todo seu esforço valeu a pena. 

Informações: NTD
Imagens: Reprodução Youtube/MisusYaya
Edição: NC
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário