Páginas

terça-feira, 24 de julho de 2018

Ele tomava banho no banheiro público todos os dias após o trabalho. Quando revelou o seu segredo, todos ficaram emocionados.


Uma publicação postada no facebook pelo fotojornalista GMB Akash emocionou muitas pessoas ao redor do mundo. Ela conta a história de um homem pobre que trabalha duro todos os dias para fazer com que suas filhas possam frequentar a escola - um lugar que ele mesmo nunca frequentou. 








"Eu nunca contei às minhas filhas qual era o meu trabalho. Eu nunca quis que elas sentissem vergonha por minha causa. Quando minha filha mais nova perguntou o que eu fazia, eu, hesitante, lhe disse que era um trabalhador assalariado.
Todos os dias, antes de voltar para casa, eu costumava tomar banho em banheiros públicos para que elas não tivessem ideia do trabalho que estava fazendo. Eu queria mandar minhas filhas para a escola, para que elas fossem educadas.
Eu queria que elas se colocassem à frente das pessoas com dignidade. Eu nunca quis que alguém as olhasse com desprezo como todos faziam comigo. As pessoas sempre me humilharam. Eu investi cada centavo dos meus ganhos na educação das minhas filhas. Eu nunca comprei uma camisa nova, ao invés disso, eu usava o dinheiro para comprar livros para elas. Respeito era tudo o que eu queria que elas ganhassem para mim. Eu era um gari. 


Um dia antes da data final para a matrícula da minha filha na faculdade, eu não consegui juntar o dinheiro para pagar. Eu não consegui trabalhar naquele dia. Eu fiquei sentado ao lado do lixo, tentando esconder minhas lágrimas. Todos meus colegas estavam olhando para mim, mas ninguém veio falar comigo. Eu tinha falhado e me senti de coração partido.
Eu não tinha ideia de como encarar minha filha, que me perguntaria sobre o dinheiro da matrícula quando eu chegasse em casa. Eu nasci pobre. Eu acreditava que nada de bom podia acontecer com uma pessoa pobre. 


Depois do trabalho, todos os garis vieram até mim, se sentaram ao meu lado e perguntaram se eu os considerava como irmãos. Antes que eu pudesse responder, eles me entregaram os seus pagamentos daquele dia. Quando tentei recusar, eles me confrontaram dizendo: 'Nós vamos passar fome hoje se precisarmos, mas sua filha tem que ir pra faculdade. ' Eu não consegui responder. Naquele dia, eu não tomei banho e fui para casa como um gari.
Minha filha terminará a universidade muito em breve. Três delas não me deixam mais ir trabalhar. Ela tem um trabalho de meio período e três delas têm bolsa. Mas muitas vezes ela me leva ao meu local de trabalho e alimenta todos os meus colegas, assim como a mim.
Eles riem e a perguntam por que ela os alimenta com tanta frequência. Minha filha diz a eles: 'Todos vocês passaram fome por mim naquele dia para que eu fosse o que sou hoje. Rezem para que eu possa alimentá-los todos os dias. '.
Hoje em dia, eu não sinto que sou um homem pobre. Quem quer que tenha filhos assim não pode ser pobre!“. 

Esperamos que com esta história as pessoas se inspirem e se tornem mais gratas pelo que têm. O que é uma verdadeira riqueza para você? 

Informações e Imagens: facebook/ GMB Akash
Edição: NC
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário