Páginas

quinta-feira, 26 de julho de 2018

Ela fugiu de casa depois de ver moscas e larvas concentradas no teto. Quando a verdade foi revelada, ela se livrou de todas as roupas da filha.


Nossa casa é nosso templo. O local onde podemos relaxar, ficar em paz e passar bons momentos. Porém, uma mãe de Leeds, na Inglaterra, não teve uma experiência muito boa em seu lar, tanto que precisou fugir de lá com a filha pequena. 









O apartamento de Beau Marr tornou-se um viveiro de moscas e larvas que começaram a surgir através de rachaduras no teto. 



Descrevendo a cena como 'algo saído de um filme de terror', a inglesa disse que não conseguiu voltar para sua casa alugada por mais de duas semanas. 


Como se não fosse suficientemente ruim ter esses bichos em sua própria casa, a origem deles foi que deixou a jovem mãe ainda mais enojada.
Um dos vizinhos de Beau primeiro notou um forte cheiro de podridão vindo do apartamento diretamente acima ao dela.
"Depois de acionar a polícia, eles lhe disseram para olhar pela caixa de correio e foi quando viram um corpo no corredor", acrescentou Beau.
Acredita-se que as larvas vieram do corpo sem vida que foi encontrado no apartamento de cima. Ninguém sabia que o cadáver estava no interior da habitação até que este entrou em decomposição e atraiu para o apartamento as pragas.


Uma operação de limpeza profunda em grande escala foi finalmente realizada, mas não antes que os pertences de Beau fossem completamente arruinados. A mãe, que ainda está em licença de maternidade, gastou mais de £ 400 para substituir roupas de bebê, comida e um berço caro. 



Beau disse: "Estou vivendo em um orçamento apertado no momento com um bebê recém-nascido e eu tive que comprar roupas e acessórios novos. Desculpe, mas quem tem alguma higiene não vai deixar o seu filho usar roupas que tiveram larvas de um cadáver sobre elas. Foi como se fosse um filme de terror, nunca vi nada parecido”. 


Logo após, Beau e seu bebê foram morar na casa de amigos e familiares e não pagarão o aluguel referente aos dias que não estiverem na residência. 

Informações: Metro e The Sun 

Imagens: Reprodução SWNS 

Edição: NC
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário