Páginas

quarta-feira, 6 de junho de 2018

Pit bull sem pelos é encontrado na rua. Quando a mulher olha sua pele mais de perto, ela começa a chorar.


Se você olhasse nos olhos de Oliver, tudo que você podia ver era uma coisa: o desejo de desistir. Sua pele estava em péssimas condições e ele tinha perdido quase todo o seu pelo. 

Do outro lado do seu corpo havia marcas profundas e arranhões - é o que acontece quando você tem uma insaciável coceira e é forçado a se arranhar repetidamente. 




Quando Stephanie encontrou Oliver em um abrigo para cães, ele estava sentado em uma jaula. Ele havia sido resgatado da rua por um amante de animais de bom coração. Mas o cão ainda estava tremendo de medo e não sabia onde estava. Sem saber o que estava acontecendo, ele era um cachorro no fundo do poço. 


Ninguém sabia quanto tempo Oliver, apenas um filhote de um ano de idade, tinha vivido na miséria das ruas, mas era claro que ninguém vinha cuidando dele há muito tempo.
Stephanie, que posteriormente se tornou a mãe adotiva de Oliver, encontrou-o em um abrigo para cães. Ela disse ao The Dodo: “Ele teve o pior caso de sarna que eu já vi. Eu entrei em sua gaiola e literalmente comecei a chorar. Ele estava tremendo e lambendo suas patas... Vários pontos em seu corpo estavam sangrando, pois a pele estava em carne viva e extremamente infeccionada”.
Stephanie contatou imediatamente Tanner Smith, que trabalha com proteção animal na Sociedade Humox do condado de Knox. Ela lhe pediu para tirar Oliver do abrigo de animais para leva-lo a um lar adotivo amoroso.
"Quando o vi pela primeira vez, eu me apaixonei instantaneamente", disse Tanner ao The Dodo. “Ele parecia tão mal. Eu sabia que precisávamos ajudá-lo”. 


Apesar da dor constante que Oliver estava obviamente sentindo, estava claro que este pit bull era muito amável. Assim que os voluntários do abrigo sentaram-se e começaram a brincar com ele, Oliver rolou e abanou o rabo. 


Embora grande parte de seu passado permaneça obscura, Stephanie e Tanner acham que ele definitivamente pertencia a alguém antes de acabar nas ruas.
"Ele estava desnutrido quando foi encontrado", disse Stephanie. “Parece que ele era o cachorro de alguém e eles não o levaram ao veterinário quando sua pele começou a ficar ruim. Eles apenas o abandonaram quando ele não melhorou”.
Após a avaliação completa de um veterinário, Oliver foi diagnosticado com a sarna, bem como infecções secundárias da pele. Stephanie e seu marido, Johnny, montaram um quarto em sua própria casa e trouxeram Oliver para ficar com eles para que ele pudesse esperar pela adoção. 


A mãe adotiva dava banhos suaves em Oliver todos os dias, junto com a medicação para ajudar sua pele a se recuperar. Ela massageava-o com loção e óleo de coco para reduzir a irritação e ajudar Oliver a parar de se coçar.
"A maioria dos cães tentaria escapar do banho ou ficaria realmente estressada", disse Lee. “Mas ele apenas sentava lá com muita calma, como se soubesse que eu estava tentando ajudá-lo. Foi muito legal”. 


Depois de um ciclo de quatro semanas de banhos diários, loções e remédios, Oliver finalmente fez um grande avanço. Sua pele terrivelmente irritada começou a se curar e ele estava livre da dor! 


Desde então, Oliver começou a brincar e aproveitar a vida como todo cão deveria. 



Embora esta história comece de forma triste, é inevitável que não fiquemos felizes com o resultado alcançado. 




Aproveitamos esse momento para demonstrar nossa imensa gratidão a todos os heróis que dedicam suas vidas a resgatar animais negligenciados como Oliver! 

Informações: Newsner
Imagens: Facebook de Stephanie Lee
Edição: NC
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário