Páginas

segunda-feira, 11 de junho de 2018

O namorado engravidou essa mulher e a abandonou. Agora, ela e sua filha dizem a razão, mostrando o seu corpo.


Dorothy Hohl pensou ter encontrado o amor de sua vida aos 19 anos, e estava muito animada, só podia pensar no dia em que, finalmente, formaria uma família. Então quando enfim engravidou, o entusiasmo aumentou, pois ela teria tudo que tanto sonhou. 








No entanto, seu sonho se tornaria um pesadelo quando seu namorado e futuro pai de sua filha, as abandonou, argumentando que ele não poderia lidar com ambas, então ele tomou o seu caminho e deixou Dorothy sozinha.
Depois de 20 anos disso, Dorothy e sua filha mostram ao mundo como elas são da cintura para baixo e compartilham sua história. 


Infelizmente, Dorothy nasceu com uma condição chamada osteogênese imperfeita, mais conhecida como “ossos de vidro”. Incapaz de produzir colágeno suficiente, essa mulher tem que passar o resto da vida sentada em uma cadeira de rodas. 


Dorothy teve uma gravidez normal, mas na última semana de gestação, os médicos confirmaram que seu bebê nasceria com a mesma condição que ela, isso a destruiu completamente e essa foi precisamente a razão pela qual seu namorado e pai sua filha as abandonou sem sequer pensar duas vezes.
A mulher diz que lidar com sua condição, sabendo que seu bebê também sofreria como ela e simultaneamente com o abandono do suposto amor de sua vida, foi um golpe que a derrubou, mas, decidiu lamentar apenas 10 minutos e seguir em frente, pois ela tinha um grande motivo: sua filha. 


Já faz 20 anos e desde então Dorothy se sente mais forte do que nunca, então ela decidiu apresentar sua filha ao mundo, Savannah. 


Dorothy nunca desistiu e quer dar o mesmo exemplo para sua filha e mostrar-lhe que ela pode alcançar todos os objetivos que colocar em sua vida, ela também mostrou que, apesar de sua condição física, ela pode ser uma mulher independente se ela se propuser a isso. 


Por sua vez, a jovem diz se sentir orgulhosa de sua mãe e revela que ela é um exemplo a ser seguido e, graças a ela, se sente capaz de fazer qualquer coisa que seja. 


Essas duas mulheres tiveram que lidar com reações desdenhosas das pessoas, bem como com o tratamento indiferente que elas lhes dão. Mas, ainda assim, esperam mostrar ao mundo como são capazes de fazer as coisas e inspirar os outros. 


Deixe-nos seus comentários sobre essas duas guerreiras e compartilhe sua história para inspirar mais pessoas a nunca desistirem, independentemente de sua condição. 

Informações: Upsocl
Imagens: Reprodução Facebook de Dorothy Hohl
Edição: NC
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário