Páginas

sábado, 16 de junho de 2018

Lembra as gêmeas siamesas que se tornaram um marco histórico na medicina? Aos 27 anos, elas tomaram uma decisão para mudar a vida.


Você provavelmente já deve ter visto algo sobre as irmãs Abby e Brittany Hensel. Claramente, elas não são gêmeas comuns. Seu nascimento foi um marco histórico na medicina há 27 anos – e elas se tornaram famosas em todo o mundo.










 

O motivo?
Eles são um dos poucos casos documentados de gêmeos nascidos com um único corpo e que sobreviveram.




Após o nascimento milagroso, as gêmeas foram repetidamente retratadas em documentários e programas de televisão. 



Os anos se passaram e Abby e Brittany completaram 27 anos.


Agora, graças a um novo desenvolvimento em suas vidas, elas estão nas manchetes mais uma vez.
Como gêmeas dicéfalas, elas compartilham o mesmo corpo, com duas cabeças separadas. Em casos raros como esses, é melhor que os médicos não os gêmeos, a menos que um deles esteja claramente morrendo.


Abby e Brittany fascinaram o mundo inteiro. Nascidas em Minnesota, em 1990, o caso delas seguiu um outro do final do século 19, que também impressionou os médicos.


Os irmãos Tocci. Os gêmeos parapagus dicéfalos italianos Giacomo e Giovanni Battista Tocci também chegaram até a idade adulta. No entanto, segundo os pesquisadores, é difícil determinar quantos anos eles tinham; enquanto alguns relatos dizem que viveram cerca de 65 anos, outros mostram que morreram consideravelmente mais cedo. Eles se casaram com duas esposas.


Acredita-se que apenas cerca de 11% dos gêmeos siameses nascem com um corpo e duas cabeças.
Voltando ao caso de Abby e Brittany, as garotas têm seus próprios órgãos internos, ou seja, dois corações, quatro pulmões e dois estômagos.


Claro, as gêmeas cresceram com muitos desafios, mas apesar disso, elas seguiram a vida! Eles estudaram, se formaram na universidade e até têm carteira de motorista!


De acordo com a AWM, ao se formar na Universidade Bethel, as gêmeas decidiram que queriam se tornar professoras. Elas agora estão se especializando em matemática.


As irmãs dizem que suas características únicas podem tornar as crianças mais focadas nas salas de aula e lembrar aos alunos que a aparência não tem importância na vida.


As gêmeas começaram recentemente a lecionar em uma escola municipal a cerca de uma hora de sua casa – e de acordo com o diretor da escola, elas são queridas pelas crianças.
No entanto, elas nem sempre concordaram em suas futuras carreiras. Sua mãe Patty explica:
“Quando tinham cinco anos, lembro que uma queria ser piloto e outra, dentista”, disse à AWM.


Depois de passar muito tempo no centro das atenções em sua juventude, hoje as meninas preferem manter um estilo discreto, de acordo com a In Touch Weekly.



Essas meninas merecem nosso respeito e parabenização. Mesmo com todos os obstáculos, conseguiram seguir suas vidas de uma forma bem próxima do “normal”.

Informações: AWM e In Touch Weekly via Newsner
Imagens: Reprodução do Facebook de Abigail and Brittany Hensel
Edição: NC
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário