Páginas

terça-feira, 22 de maio de 2018

Gato percorre 19 km para voltar para donos que queriam eliminá-lo.


O coração partido por conta de um amor não correspondido é muito comum para nós humanos. E não estamos nos referindo exclusivamente a relações amorosas, já que a decepção em uma amizade pode ser tão ruim quanto, ou até pior. 











Bom, o fato é que, nós, seres humanos, conseguimos lidar, entre trancos e barrancos, com esse sentimento de rejeição. Mas, alguns de nós conseguem ser tão cruéis, que são capazes de decepcionar até um animal que só tem amor para dar. Foi mais ou menos isso que aconteceu na história de hoje.
Toby é um gato laranja com sete anos que vivia na casa de uma família, nos EUA. Mas, aparentemente, o amor por seus tutores não era correspondido, então ele foi levado para uma nova casa porque não era mais bem-vindo ali. 


No entanto, a saudade daquele que sempre foi o seu lar foi maior, o que o levou a andar cerca de 19 quilômetros para lá voltar. 


Mas, quando enfim chegou lá, teve uma surpresa péssima. Os donos, que ele pensava que o amavam, não o queriam de volta e levaram-no até ao canil mais próximo, no condado de Wake, pedindo inclusive a eutanásia do animal.
O pessoal do canil, que ficou muito sensibilizado com a história do pobre gatinho, resolveu entrar em contato uma associação de animais para que pudessem ajudar no caso. A associação SPCA, na Carolina do Norte, solidarizou-se com a situação de Toby, publicou nas redes sociais a história e acolheu o felino. 


“Eles o levaram para o abrigo e pediram que o sacrificassem”, contou Tara Lynn, diretora de comunicação da SPCA (Sociedade para a Prevenção da Crueldade aos Animais, em tradução livre) do Condado de Wake, na Carolina do Norte. “Foi tão doloroso saber que ele fez todo o caminho de volta para sua família e essa foi a sua resposta”, acrescentou.


A história de Toby foi compartilhada na Internet diversas vezes e, finalmente, foi encontrado um novo lar para ele, em New Hampshire, também nos EUA. Além de uma nova família, Toby ganhou também uma conta no Instagram, que não só publica fotos do dia a dia do gato, como também faz postagens de apoio à associação que o ajudou. 


O gato se acostumou em pouco tempo com o novo lar e passou a conviver com outros dois gatos. “Eu não entendo porque a outra família não o quis. Ele é tão doce, carinhoso e amoroso”, disse Michele Puckett, sua nova dona. “Ele gosta de relaxar e de se deitar debaixo de nossos travesseiros”, completou. 

Informações: ANDA
Imagens: Facebook – SPCA of Wake County) e Instagram @a.cat.named.toby
Edição: NC
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário