Páginas

quarta-feira, 23 de maio de 2018

Gangue arrasta policial até floresta para eliminá-lo. Mas eles não faziam ideia do que os esperava.


Há uma razão para o uso de cães na segurança das comunidades humanas. Nossos amigos caninos são leais, fiéis e defensores ferozes. 











Isto é algo que o oficial Todd Frazier, de Long Beach, do Departamento de Polícia do Mississippi, sabe muito bem, depois que ele experimentou um problema com bandidos que quase lhe custou a vida. Todd cometeu o erro de cair em uma armadilha de uma gangue que poderia causar seu assassinato. Mal sabiam eles que Todd tinha uma arma secreta, que salvaria sua vida. 


Durante uma patrulha normal, o policial Frazier se aproximou de um carro que parecia ter um homem inconsciente atrás do volante. Com o aparente em perigo, ele foi direto espiar dentro do veículo para ver como poderia ajudar.
Foi quando ele foi emboscado por trás por outros dois homens. Os três bandidos planejaram arrastá-lo para um bosque próximo, para espancá-lo e matá-lo.
Como explica o vice-delegado Don Bass: “Eles disseram que iam cortar sua garganta, e tentaram arrastá-lo para a floresta.”.
No entanto, felizmente, Frazier tinha um truque na manga que a gangue não tinha se dado conta. Havia um botão no cinto que lhe permitia abrir um compartimento especial em seu carro, liberando assim seu parceiro K-9 Lucas para ajudar. 


Assim que Todd pressionou o botão, ele ouviu Lucas, um cão policial treinado da raça Pastor-belga Malinois, correndo na direção dele.
“Ele sabia. Eu podia ouvi-lo chegando”, disse Frazier. “Eu não conseguia ver nada, mas eu podia ouvi-lo chegando, rosnando… Ele soava como um lobo. Eu pensei: “Agora ele vai pegar vocês””. 


E não deu outra! Lucas chegou ao local e atacou sem hesitar. Os homens fugiram, mas não sem pelo menos um deles deixar algo para trás.
“Não sabemos quantos ele atacou; só sabemos que tinha sangue em cima dele”, disse o xerife Ricky Adam sobre o cão corajoso. 


Quanto ao delegado Frazier, ele sabe o quão sortudo foi: “Eu tinha três pessoas em cima mim, e eu não sou muito grande, e eles basicamente me seguraram. E, felizmente, graças a Deus, eu tinha Lucas aqui. Ele é meu herói”. 



Lucas rompeu um ligamento e perdeu alguns dentes no cumprimento do dever, mas recuperou-se totalmente depois de receber os cuidados de um veterinário. Ele recebeu o prêmio de “Herói do Ano” por sua bravura! 



Reconhecimento muito mais que merecido! Já que, se Lucas não estivesse por perto para proteger o oficial Frazier, as coisas poderiam ter acabado muito mal. 

Informações: Newsner
Imagens: Reprodução
Edição: NC
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário