Páginas

terça-feira, 22 de maio de 2018

Essa é a planta mais venenosa do mundo. Ela é mais comum do que as pessoas imaginam.


A natureza possui inúmeras e incontáveis espécies vegetais, mas nem todas as plantas que existem por aí podem ser ingeridas e muitas, na verdade, fazem tão mal que podem matar facilmente uma pessoa. Por isso, é sempre importante saber o que você está manuseando e consumindo, visto que grande parte delas pode ser realmente fatal. 





Bem, o que poucos sabem é que a planta mais venenosa do planeta é bastante comum. Inclusive, existem ocasiões em que ela se torna até mesmo objeto de brincadeiras! 


Conhecida cientificamente como Ricinus communis, a mamona é uma planta muito comum em países como Índia, China e Brasil. 


Na infância, pelo menos há algum tempo atrás, era comum que as crianças brincassem de jogar isso nos amigos, por conta de seu formato peculiar. 


Trata-se de uma vilã da qual poucos desconfiariam. Nela, podemos encontrar ricina, uma proteína da planta, mas que para nós serve como uma poderosa toxina. A mais potente com origem vegetal. Está presente em toda sua estrutura, no entanto, se concentra nas sementes. 


E é aí que mora o perigo, são, juntamente, as sementes da mamona que são tão perigosas, as quais garantiram o atual título do Guiness Book of World Records de mais venenosas do mundo. 


Segundo Wayne Armstrong, instrutor de botânica do Palomar Junior College: "Estão inquestionavelmente entre as mais mortíferas da Terra, e é a aparência irresistível que as torna tão perigosas". 


Só para que vocês entendam melhor o grau de periculosidade, estima-se que ela seja cerca de 12 mil vezes mais venenosa que o veneno de uma cascavel. 


Considera-se que algo entre 4 e 8 sementes possa ser letal para uma pessoa, que sofrerá uma morte lenta e agonizante. Os sintomas que acompanham a ingestão incluem sensações de queimação na boca e garganta, dor abdominal intensa, diarreia com presença de sangue e, como não existem vacinas ou qualquer tipo de tratamento para controlar essa condição, tudo acaba dentro de 36 horas, apenas quando a vítima morre por desidratação. 


Estranhamente, os seres humanos são os mais sensíveis a essas sementes, já que são necessárias de 4 a 8 para matar um humano adulto, 11 para matar um cachorro e 80 sementes para matar um pato.
Por outro lado, o óleo de ricino é utilizado para diversas finalidades. Pode ser um ingrediente presente na composição de tinta, verniz, sabão, e até mesmo em alguns produtos de beleza. 


O perigo está mesmo no consumo da semente em sua forma bruta. 

Informações: Gizmodo, BBC e Listverse
Imagens ilustrativas de reprodução
Edição: NC
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário