Páginas

segunda-feira, 9 de abril de 2018

Ela ganha para assistir Netflix: Jovem revela detalhes do emprego de seus sonhos.


Todos nós temos em mente um emprego dos sonhos. Imagine só ganhar um salário para fazer o que você mais gosta na vida? Seria, de fato, um sonho. Mas, para alguns, esse sonho pode se tornar realidade. 








Quem não gosta de ficar no conforto de seu lar assistindo a um bom filme ou série? Mas o melhor mesmo é ser pago por isso! Pois é, você pode não acreditar, mas esse emprego existe sim! Sherrie Gulmahamad é uma das 30 pessoas responsáveis por assistir e classificar todo conteúdo da Netflix, cargo que é chamado pela empresa de analista criativo. 


Em entrevista à revista "Fast Company", ela contou como é esse "trabalho dos sonhos". Gulmahamad disse à revista passar mais de 20 horas por semana em frente a uma tela. 


Segundo ela, o trabalho inclui assistir a filmes, séries e documentários e fazer uma descrição de cada um, contendo o ano de lançamento, idioma, direção e elenco, e informando se há cenas de sexo. 
Além disso, a equipe é responsável por inserir palavras-chaves referentes a cada conteúdo: por exemplo, drama, suspense, terror, divórcio, casamento, amor não correspondido, zumbis, bruxas, dragões, cientistas loucos. Esses dados são usados pela Netflix para recomendar determinados filmes ou séries para seus usuários. 


A jovem também revelou que sempre foi apaixonada por cinema e até trabalhou em uma locadora de vídeos antes de entrar na Netflix. Mas, para conseguir seu emprego dos sonhos, ela contou que fez um curso de roteirista e depois formou-se como crítica de cinema pela Universidade da Califórnia. 


A analista, que trabalha no escritório da Netflix em Hollywood, na Califórnia, diz que sua especialidade é classificar produções de comédia e ficção científica. 


No entanto, a parte “ruim” de acordo com Gulmahamad, é que ela, algumas vezes, tem de assistir a conteúdos pelos quais normalmente não teria interesse, como uma série de TV belga. A analista também conta que uma vez foi designada para assistir a 60 horas de um drama colombiano sobre Pablo Escobar. "Não consegui assistir a tudo, mas eu tentei", disse. 


Ela ainda declarou que, apesar de parecer ser o melhor trabalho do mundo, passar horas em frente a uma tela é bastante cansativo. Por isso, às vezes, ela fica um final de semana inteiro sem assistir a nada. "Meus olhos também precisam descansar", afirma. 
E vocês, caros amigos, o que achariam de ter um emprego desses? 

Informações: UOL 
Imagens: Facebook 
Edição: NC
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário