Páginas

quinta-feira, 8 de março de 2018

Mulher leva morador de rua para morar em sua casa e então descobre história comovente sobre a vida dele


Enquanto cozinhava com a irmã e a neve pesada caia em grande parte da Inglaterra, Natalie Hawkins disse ao filho que não podia imaginar ser sem-teto nessas amargas condições. 

Foi então que seu filho de 15 anos, Jack, mencionou que conhecia Keiran Kilday, que estava dormindo em um vagão de trem abandonado. Nesse momento Natalie decidiu imediatamente recebê-lo em sua casa. 



Keiran ficou sem ter onde morar depois que sua família o abandonou. Ele morou em uma barraca e posteriormente, em um vagão de trem abandonado que transportava gado, onde ficou por aproximadamente 10 meses. 


Cerca de uma hora depois de ouvir sobre a situação de Keiran, ele chegou à casa da família Hawkins, onde vive até hoje. 
“Keiran apareceu e eu fiz uma xícara de chá e espaguete a bolonhesa”, contou Natalie ao Daily Mail. 
E continuou "Eu estava ciente de quão nervoso ele estava. Ele parecia cinza, frio, completamente dentro de si mesmo. E eu disse à minha irmã que, como uma mãe, não poderia deixar aquele menino ir embora. Ele era um bom rapaz.”. 


Ela acrescentou: "Eu tive alguns julgamentos, como você sabe, ele deve usar drogas, deve ser alcoólatra, todos esses horríveis estereótipos. Mas ele não era assim. Eu sabia que ele não era assim. Eu só sabia”. 
Desde que assumiu o rapaz de 24 anos praticamente como um filho, a Sra. Hawkins e seus amigos criaram uma página de crowdfunding e um grupo do Facebook para publicar atualizações sobre a situação do jovem. Os seguidores doaram roupas, comida e uma pessoa até enviou e pagou por um jantar regado a comida chinesa para a casa da Sra. Hawkins. 


Kerian disse: "Eu estava tentando esconder o fato de que eu era sem-teto. Só porque no passado, quando tentei dizer às pessoas para ver se isso ajudaria, eu fui julgado, e eu não queria isso. Minha mãe se mudou para a Irlanda, e eu não observei o aviso rápido o suficiente. No momento em que minha mãe me deixou, era inevitável que eu estivesse nas ruas. Era para ser, supostamente, por um curto período de tempo, mas uma vez que você se encontra nessa situação, é muito difícil sair dela”. 


O rapaz acrescentou que não culpa sua família por sua situação. 
Todos os fundos arrecadados irão apoiá-lo quando ele for capaz de sustentar sua própria casa. 


A Sra. Hawkins disse: "O apoio foi absolutamente imenso. Fiquei maravilhada. Eu trabalho dentro de comunidades privadas, e eu nunca vi apoio assim”. 


Keiran conta que quando estava sem teto, fazia o possível para esconder a informação das pessoas, pois se sentia envergonhado. Ele se esforçava para manter sua realidade escondida através do modo que se vestia e como se apresentava. 
"Mas agora, todo esse apoio me fez sentir confortável, admitindo onde eu estive e o que eu fiz. Não há vergonha”, revelou. 


Agora ele pretende a se dedicar ao que mais gosta: a música. Depois de publicar na internet alguns vídeos cantando e tocando violão, Keiran recebeu convites para se apresentar em alguns pubs da região. 
Que ato maravilhoso! Com certeza Keiran é um rapaz bom, mas sem a ajuda de Natalie, seu destino provavelmente não seria dos melhores! 

Informações: Daily Mail 
Imagens: Facebook e Media Wales 
Edição: NC
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário