Páginas

quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

Menino pede a mãe para preparar 2 lanches todos os dias. Quando ela descobre o motivo, fica emocionada.


Em 2016, depois do início do novo ano letivo, Josette Duran, de Albuquerque, Novo México, estava empacotando o lanche para o filho, Dylan, quando o garoto perguntou se ele poderia levar dois lanches. 









"Mamãe, você pode me fazer dois lanches hoje?", perguntou Dylan. Isso aconteceu por mais de um mês até que Josette decidiu perguntar-lhe o motivo. 
“Você não está ficando satisfeito?”, disse ela relembrando sua conversa com Dylan em sua página do Facebook.


"Sim mãe, o segundo é para um menino. Ele só come uma taça de frutas no lanche, você pode fazer o lanche dele também? Eu não acho que ele tenha dinheiro para comprar", ele respondeu.


Depois de ouvir isso, Josette embalou dois lanches todos os dias para Dylan, estudante da oitava série, para levar à escola. Isso continuou por semanas até o amigo de Dylan se inscrever no programa nacional de merenda escolar para receber uma refeição todos os dias na escola. 


A mãe de Dylan disse ao Today que não ficou surpresa com a boa ação do filho. 
"Foi-me ensinado que se você não pode ser legal, então você deve ser mais agradável, e eu sempre eduquei meu filho para ser assim. Sempre lhe ensinei a ser amável e a ajudar os outros”, disse ela. "Dylan é realmente um filho muito gentil e amoroso. Quando ele me pediu para fazer dois lanches, eu fiz. Eu não fiz nenhuma pergunta por que não é isso o que devemos fazer? Nós devemos ajudar as pessoas”. 


Josette Duran, que no passado havia passado por dificuldades, entendeu que o menino poderia estar com vergonha de pedir ajuda, assim como ela. 
"Eu fiquei sem-teto alguns anos atrás. Eu sei o quão difícil é pedir ajuda. Você se envergonha e se sente envergonhado”, disse ela. 
Ela acrescentou que também se isolava de seus entes queridos e amigos "porque não queríamos que ninguém soubesse o que estava acontecendo conosco". 
A mãe de Dylan, que é treinadora de voleibol na escola do filho, teve a chance de conhecer o menino e sua mãe, que descobriu que alguém estava alimentando seu filho. No entanto, Josette inicialmente ficou preocupada após o encontro. Isso porque, hoje em dia as pessoas não estão acostumadas à bondade e podem facilmente se sentir ofendidas. Mas, para o seu alívio, a mãe do garoto ficou muito, muito agradecida pelo que fizeram por seu filho. 
A mãe do outro menino tinha perdido o emprego e, por isso, não podia pagar os lanches da criança. Apesar de sua dificuldade, ela conseguiu arrecadar US $ 400 para Josette, para compensar os custos de todos esses almoços, mas ela não aceitou o dinheiro. No fim, os US $ 400 foram usados ​​para pagar todas as contas de lanche pendentes para outras crianças na escola. 
"Então agora, ninguém naquela escola deve dinheiro", diz ela em sua publicação no Facebook. "Agora todos podem comer". 


Agora, Josette espera que sua história inspire outros a ajudar aqueles que precisam. 


"Não tem que a ver apenas com o lanche. Poderia apenas dizer "oi" a alguém, ou abrir a porta ou dizer "sim, senhora" ou "não, senhora"”, disse ela. "Apenas praticar a bondade sempre que possível". 
É isso mesmo, pratique o bem sempre que possível. Às vezes, apenas um sorriso e olhar nos olhos dos outros pode melhorar o dia de muitos. Trate os outros como gostaria de ser tratado. 

Informações: NTD 
Imagens: Getty Images e Facebook 
Edição: NC
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário