Páginas

quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

Ela foi passear na Grécia e voltou com um cão com a coluna quebrada. Agora a sua história está correndo o mundo.


 Quando uma mulher encontrou um cão ferido durante suas férias, ela fez tudo o que pôde para garantir que ele tivesse a ajuda de que precisava. A holandesa Kiara Ijzendoorn e sua família estavam em um carro em uma estrada em Creta, na Grécia, quando encontraram um cão deitado no meio da estrada, mal conseguindo se mover.





"As patas dele estavam completamente paralisadas. Ele tinha um grande inchaço nas costas, que era a coluna quebrada dele", lembra Kiara. "Paramos o carro para que ele pudesse se arrastar para fora do caminho, mas ele ficou deitado lá como uma rocha", contou ela ao The Dodo.
Kiara acabou descobrindo que o cachorro vivia sozinho em um celeiro próximo e aparentemente, alguém havia judiado propositalmente daquele pobre animal. Ela ficou tão arrasada com o que viu que não pensou duas vezes: ela sabia que precisava ajudar aquele cão.


Nos próximos dias, ela voltou ao celeiro para visitar e alimentar o cão ferido, a quem chamou de Fos, que significa "brilhar" em grego. Fos não escondia sua felicidade ao ver seus novos amigos toda vez que eles iam visita-lo, apesar de seus danos dolorosos. Ele era um cão extremamente doce e amoroso, e Kiara sabia o que não poderia deixa-lo para trás.
"Não conseguimos deixá-lo", relembrou emocionada.


Kiara levou Fos a uma organização local de resgate, onde o adotou oficialmente. Ele foi visto por um veterinário, que confirmou a suspeita de todos, ele havia sido abusado. O cão teve seus ferimentos tratados, e alguns dias depois, voltou para a Holanda com a família Ijzendoorn para começar sua nova vida.


Atualmente, Fos ainda está se recuperando de suas lesões na coluna, mas, com certeza, está mais feliz e progredindo mais do que se estivesse ainda naquele celeiro sujo.
"Ele pode andar melhor, e o inchaço não está tão ruim", disse Kiara. "Ele ainda tem medo de homens velhos e gatos."


Se Kiara e sua família não tivessem parado quando viram Fos deitado no meio da estrada, ele provavelmente não teria conseguido sobreviver por muito tempo, e ela nunca teria encontrado o cachorro que se tornaria seu melhor e fiel amigo.
Acreditem, algumas coisas estão predestinadas a acontecer, só nos resta aceitar e dar nosso melhor. Que essa amizade perpetue por muitos e muitos anos.

Informações: The Dodo
Edição: NC
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário