Páginas

quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

Avô pede para transferir enorme quantia ao “neto” – mas a funcionária se recusa


Admita, raramente, a interação entre o caixa de supermercado e cliente vão além das simples gentilezas. Porém, nesse caso, se não fosse pela astúcia de uma funcionária do Walmart, um senhor de idade teria sido vítima de um golpe que levaria embora suas economias. Graças à sua perspicácia, ela conseguiu salvar o Natal daquele homem!





Cecil Rodgers, um avô de Ohio, ia ser alvo de um golpe se não fosse pela ajuda da funcionária do supermercado. Um pouco antes do Natal, o idoso recebeu um telefonema de um homem que dizia ser o seu neto mais velho. O jovem disse que se tinha envolvido num acidente de carro e precisava de ajuda.
No telefone o suposto neto dizia: “Bati no carro de uma mulher que estava com sete meses de gravidez. Estou sendo acusado de dirigir embriagado e fui preso”,. Depois de ter contado essa história, o advogado do jovem pediu para Rodgers enviar 2300 dólares (mais de 7000 reais) para pagar a fiança via transferência direta. Temendo pelo bem-estar do neto, Rodgers foi ao Walmart com o dinheiro em mãos para realizar a transferência que livraria seu amado neto, nos Estados Unidos, esse tipo de transações podem ser realizadas no caixa de supermercado.


Quem o atendeu foi a funcionária Audrella Taylor. Ao chegar a sua vez, o idoso contou rapidamente o que havia acontecido ao neto para Taylor, e ela desconfiou imediatamente da história. “Eu disse: ‘Vou recusar a transferência. Não vou deixar você enviar o dinheiro. Acho que o senhor está sendo vítima de um golpe‘”, disse a atendente.


Antes de fazer qualquer transação, ela disse ao idoso que precisava ligar para sua filha ou netos para confirmar se Phillip estava ou não verdadeiramente preso ou se realmente ocorreu um acidente de carro. Atendendo ao pedido, ele saiu e fez a ligação.


Quando Cecil contatou sua filha, ela confirmou as suspeitas de Audrella. Não houve acidente de carro e não havia neto na prisão; Em vez disso, Cecil tinha sido contatado por golpistas! 
Rodgers tinha muitas dificuldades financeiras, e aquele dinheiro ia fazer muita falta ao idoso. Mas, graças à intuição, raciocínio rápido e preocupação de Taylor, esse avô pode passar um Natal mais tranquilo. Cecil ficou muito grato a Audrella por se recusar a transferir seu dinheiro e alertá-lo para o golpe


Dominic Gross, o gerente daquele supermercado, recompensou monetariamente Taylor pela sua perspicácia, e por ter colocado o bem-estar do cliente acima de tudo. Agora, os outros caixas de supermercado estão sendo treinados para poderem detectar golpes semelhantes. 


Informações: Newsner, Histórias com Valor, Boredom Therapy
Edição: NC
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário