Páginas

terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Viúva que já foi para a cama com mais de 100 homens casados diz fazer 'favor' às traídas e gera alvoroço na web


Uma viúva de 47 anos diz que já dormiu com mais de cem homens casados e que "salvou" as relações destes que estavam à beira do fim. Gweneth Lee afirma que a maioria das mulheres sabe que os maridos procuraram sexo fora de casa, mas que querem que os companheiros sejam felizes. 







Lee é uma ex-modelo britânica que, de acordo com o jornal The Sun, não só não sente remorsos por dormir com homens casados como pensa que ao fazer isso os está a ajudar a salvar o seu casamento. "Acredito sinceramente que ajudo a manter muitos casais juntos. Para muitas mulheres, o sexo desaparece da rotina diária. É normal para as mulheres que ficam preenchidas com os amigos e os filhos. Isto deixa os homens à procura de sexo e excitação", conta ao jornal britânico. 


Com a morte do marido Robert há 10 anos, Lee começou a procurar companhia na internet. "Eu só quero me divertir e ter um bom sexo. E isso é o que os homens querem de mim também", assume. "Dormir com alguém novo pode ser bom para o casamento. Tira pressão das mulheres cuja libido 'morreu' e mantém os homens felizes", acrescenta.


"Se o marido não conseguisse trair, ele deixaria a esposa e a família. Eu honestamente acredito que ajudo casais a permanecerem juntos. Sou a solução perfeita", comentou ela.


A maior parte dos homens com quem Gweneth se relaciona é composta por empresários e magnatas. Alguns casos chegaram a durar anos. A mulher admite que já viajou pelo mundo para encontrar homens que conheceu no site e que, muitas vezes, 'namora' com dois ou três ao mesmo tempo. "A maioria das vezes estou com mais do que uma relação ao mesmo tempo. Eles não se importam, desde que esteja livre quando precisarem", conclui.


Depois de ter reportagens contando sua história publicadas em vários jornais do Reino Unido e no mundo, muitos comentários começaram a pipocar, como:
“É uma prostituta. Simples assim.”, comentou um internauta, enquanto outro diz: “Creio que não falta mais nada neste mundo.”.
Até que outro a defende: “O que há de errado em ajudar a suprir as necessidades dos homens?”. Então um provoca: “Tenho certeza de que seu marido morto ficaria muito orgulhoso”.
Com certeza, esse é um assunto bem polêmico que levará a uma discussão bem acalora, porém, cada um sabe o que é melhor para si e para seu relacionamento.

Informações: O Globo, Jornal CM, Mirror e Daily Mail
Edição: NC
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário