Páginas

quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

Rahul - O menino que de repente pega fogo sozinho


Você sabia que existe uma condição médica rara em que você pode de repente pegar fogo? Bem, tão misterioso como pode parecer, também é uma ocorrência muito rara e infeliz. Esta é a história do bebê indiano que tinha cerca de uma semana de vida quando aconteceu com ele, os médicos temem que ele sofra desta condição chamada combustão humana espontânea.




Tudo começou cerca de uma semana depois do nascimento de Rahul. Seus pais ficaram muito excitados pelo nascimento de seu primeiro filho. Eles já tinham uma filha de dois anos, e a chegada do bebê recém-nascido era uma notícia muito feliz para a pequena família. Mas toda essa alegria estava prestes a se transformar em tragédia.
Uma tarde, quando a mãe de Rahul estava dando banho em sua filha, ela ouviu um de seus vizinhos gritar: "Seu bebê está em chamas!" , e ao mesmo tempo, ela ouviu o bebê Rahul gritando dentro da cabana. Ela correu e testemunhou uma visão que nunca esqueceria, ela viu que seu bebê estava literalmente em chamas.
Rajeshwari, a mãe do bebê, disse ao New York Times que o bebê tinha chamas na barriga e no joelho direito. Ela e seu marido imediatamente levaram o bebê para um hospital. Para o alívio de todos, o bebê, Rahul, foi tratado no hospital e fez uma recuperação completa, e os pais ficaram muito aliviados por nada pior ter acontecido. 


O casal esperava que isso nunca voltasse a acontecer, e voltou para casa com o filho. Mas, estranhamente, este evento bizarro ocorreu novamente, não uma vez, mas mais três vezes!
De acordo com o casal, o último incidente aconteceu há alguns meses atrás, com o bebê sofrendo queimaduras de primeiro e segundo grau. Esses eventos fizeram com que a família até se afastasse da aldeia, pois seus vizinhos temiam que o bebê pudesse iniciar um incêndio grave.


Os pais então levaram a criança para ser examinada em um hospital em Chennai, e os médicos temiam o pior, Rahul poderia estar sofrendo de uma condição rara chamada combustão humana espontânea, fenômeno médico do qual apenas 200 casos foram registrados nos últimos 300 anos, sendo supostamente provocado pela liberação de substâncias inflamáveis pelo corpo. Conforme explicaram os médicos responsáveis pelo caso de Rahul, o corpo humano pode entrar em combustão espontânea devido à emissão de gases combustíveis pelo organismo, e os familiares devem fazer constante vigília para garantir que o menino não volte a queimar.
Nem todos acreditam na teoria de combustão humana espontânea. "Isso é uma farsa. Um bebê pegando fogo sem motivo nenhum simplesmente não é possível", disse o especialista em queimadura do hospital, Dr. J Jagan Mohan para o jornal The Times of India. 
As primeiras suspeitas — médicas e policiais — evidentemente recaíram sobre os pais de Rahul. 
"As pessoas pensam que eu coloquei fogo nele propositalmente", reclama a mãe do menino para o site IBN Live.


O caso do menino continua sob investigação e em breve as autoridades esperam esclarecer se os eventos realmente são provocados pelo raro fenômeno médico ou se infelizmente o episódio não é mais um caso de negligência e abuso.

Informações: Unbelievable Facts
Edição: NC
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário