Páginas

terça-feira, 12 de dezembro de 2017

O homem que enterrou 42 ônibus escolares para fazer um enorme abrigo para o dia do juízo final, finalmente mostra o interior ao público


Com as ameaças nucleares aparentemente intermináveis ​​que vem da Coréia do Norte, não é de admirar que todos estejam no limite. Em caso de guerra nuclear, infelizmente, ninguém estará seguro.









Claro, a preparação é importante para muitas pessoas, tanto que existe uma rede inteira de "preparadores" (pessoas que estão ativamente preparando-se para emergências) que muitas vezes se esforçam para estarem prontos em caso de emergência. Se você não tem certeza do que fazer no caso de uma guerra ser declarada, basta perguntar ao preparador Bruce Beach de Horning's Mills, no Canadá, porque ele tem um plano diferente de qualquer outro.


Bruce criou um bunker tão incomum que você precisa ver para realmente acreditar. Alguns dizem que ele é um lunático, mas Bruce sabe que, no caso de um acidente nuclear, ele será o último a rir.
Bruce viveu em Chicago por muitos anos antes de se mudar para uma área remota do Canadá rural, chamado Horning's Mills, em 1970. Durante a Guerra Fria, ele começou a pensar sobre o sobrevivencialismo nuclear, e ele achou que Horning's Mills era um lugar perfeito para se organizar.


Entre os anos de 1980 e 1985, foram enviados a propriedade remota de Bruce um total de 42 ônibus escolares velhos. Mas, por que exatamente ele estava armazenando ônibus escolares, você deve estar se perguntando? A razão certamente vai te surpreender.


Ele colocou todos os 42 dos ônibus antigos em um enorme poço subterrâneo e os cobriu com concreto para reforço. Agora, ele possui oficialmente e mantém o maior abrigo nuclear da América do Norte, que ele chama de Ark Two.


Toda a estrutura é de 930 metros quadrados, e pode acomodar até 500 pessoas confortavelmente. Existem salas para várias atividades e tarefas diárias, e, como diz Bruce, o bunker é "praticamente impenetrável para qualquer coisa que não seja um ataque nuclear direto".


A maioria das pessoas que vivem próximas a Bruce pensa que manter o abrigo é uma grande perda de tempo. No entanto, ele sabe que, no caso de um ataque nuclear, terá um abrigo para se manter vivo. 


O Ark Two está a 4,2 metros sob o solo, e Bruce comprou os ônibus de uma velha escola por US $ 300 cada (aproximadamente R$ 900). Pode parecer caro, mas Bruce acredita que vale a pena. Nos últimos 35 anos, ele trabalhou arduamente todos os dias, certificando-se de que todo o bunker esteja equipado e pronto em caso de emergência.


Che Bodhi, um organizador do evento para Ontario Prepper Survival Network (OPSN), disse isso sobre a enorme estrutura subterrânea de Bruce: "Quando você entra no bunker pela primeira vez, é um planeta diferente, é como se você estivesse em Marte. Quando você ouve sobre este conceito de 42 ônibus escolares no subsolo, não é nada comparado ao entrar e realmente vê-lo... É louco lá”.


O bunker possui todos os confortos de uma casa. Inclui duas cozinhas industriais, uma sala de estar, salas de aula para crianças e banheiros com água corrente. Você realmente não poderia pedir mais nada...


A propriedade também oferece encanamento completo, incluindo um poço privado para garantir água potável; geradores a diesel com três meses de combustível; e uma estação eletrônica de comunicação por rádio, para que a informação possa ser transmitida em todo o Canadá e nos Estados Unidos.



O Ark Two também possui uma sala de descontaminação, que é o primeiro cômodo que qualquer visitante teria que passar antes de entrar no bunker. Esta sala destina-se a eliminar a propagação de doenças e radiações no próprio abrigo.


O maior problema que Bruce enfrentou foi tanto político quanto burocrático. Todos os ramos do governo local não ficaram entusiasmados com o abrigo. Bruce construiu o bunker sem permissões adequadas, e ele afirma que o governo local o levou a tribunal mais de 30 vezes.


O departamento de bombeiros da cidade vizinha de Shelburne tem sido um oponente particularmente adverso para Bruce. Ao longo dos anos, o departamento selou o bunker duas vezes devido a problemas de segurança. Durante uma Reunião Anual de Preparadores em 2015, quando um grupo de sobreviventes canadenses reuniu-se na propriedade de Bruce, os bombeiros ameaçaram selar o bunker pela terceira vez. Felizmente, nunca aconteceu.


O público em geral vê o projeto como o trabalho de um velho excêntrico que é paranoico sobre o fim do mundo. Bruce, no entanto, poderia se importar menos. Ele vê isso como seu dever para com os seus companheiros para fornecer abrigo durante uma emergência mundial.


Bruce diz que acredita fortemente que está fazendo bem ao seu próximo, o stress de manter o abrigo teve um custo pessoal sobre ele e sua família. Nos últimos meses, o complexo sofreu incêndios, infestações de ratos, vandalismo e inundações.


Os filhos crescidos de Bruce também estão cansados de ouvir constantemente sobre a "desgraça e tristeza" que seu pai se refere ao futuro do planeta. A esposa de Bruce de 90 anos, Jean, no entanto, ainda fica ao lado dele.


Alguns podem achar que ele é louco, e outros podem pensar que ele está fazendo um favor à humanidade, mas de qualquer maneira, o Ark Two é uma fortaleza na cidade rural de Horning's Mills, no Canadá. Felizmente, o mundo nunca viu uma guerra nuclear - mas, se o fizer, Bruce pode ser o homem a se contatar.


Informações: Boredom Therapy
Edição: NC
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário