Páginas

terça-feira, 19 de dezembro de 2017

Jovem perde a vida depois de ser picado por sua cobra de estimação venenosa e implorar por ajuda de amigos no WhatsApp


Um garoto, conhecido apenas como "Aril", estava tentando tirar uma fotografia de sua cobra quando ele foi mordido no braço. 

Com 14 anos e natural do Bundung Regency, na província de Java Ocidental da Indonésia, ele postou a primeira de duas fotos em seu Whatsapp por volta das 9h50.




Na foto, que foi tirada após Aril dar banho na cobra, mostra o réptil abrindo seu capuz segundos antes de atacar. A legenda dizia: "Por que não sorrir um pouco". 


A segunda foto, tirada quatro minutos depois, mostrou sangue no braço direito do menino. Ele tentou amarrar um cadarço ao redor de seu membro para impedir que o veneno se espalhasse pelo resto do corpo. 
"Entre a vida e a morte" foi o título que postou junto com a foto.


Após a morte de Aril, sua mãe, Neuis Marpuah, disse: "Na postagem, Aril não estava se gabando [sobre sua lesão], mas pedindo ajuda a seus amigos", acrescentando que seu filho estava sozinho em casa no momento do incidente.
Segundo o Mirror, os relatórios disseram que o menino mais tarde também escreveu: "Se alguém se considera meu amigo, leve-me ao hospital".
Uma hora depois, ele foi levado ao pronto-socorro, mas foi declarado morto às 22h.


Ainda segundo os relatórios, Aril recolhia cobras e possuía mais de uma dúzia de répteis.


Ele também era um membro ativo de uma organização não governamental que organizava apresentações de rua envolvendo répteis perigosos para arrecadar dinheiro para instituições de caridade que ajudassem vítimas de catástrofes naturais.

Informações: Mirror
Edição: NC
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário