Páginas

terça-feira, 19 de dezembro de 2017

Funcionário é chamado para limpar privada com 90 cm de excremento depois de perder o olfato.


Todo mundo já reclamou do trabalho um dia e, mesmo hoje, tem bastante gente que reclama – e faz isso de barriga cheia. Um limpador extremo conhecido como Príncipe do Cocô encarou uma montanha de fezes humanas de 90 centímetros sem estremecer, o motivo é realmente esclarecedor – Ele não sente nenhum odor, pois perdeu o sentido do olfato.







Steve Carr, de 50 anos, trancou a faculdade após um acidente terrível de quase morte. E agora ele é o único especialista capaz de assumir os melhores trabalhos de limpeza da Grã-Bretanha.


O bravo Steve recentemente removeu uma montanha de fezes com cerca de 90 centímetros de altura de um vaso sanitário, antes de esfregar o excremento das paredes do banheiro e remover 200 garrafas de plástico cheias de urina.


O inquilino do apartamento tinha passado meses empilhando cocô na privada do banheiro. Os vizinhos acabaram reclamando sobre o mau cheiro em outubro, e uma empresa de limpeza enviou sua equipe para arrumar.


Steve ensacou o cocô para que ele pudesse ser levado para uma eliminação especializada e, dentro de algumas horas, o apartamento, que era o lar de um homem com problemas de saúde mental, estava limpo.


Steve disse: "Eu pensei que já tinha visto de tudo, mas nunca tinha visto nada assim. Ele deve ter usado as mãos para empilhar as fezes. Foi quase tão extremo quanto uma montanha de excrementos. A única coisa que não consigo dizer é o quão mal cheirava".
A colega de Steve, Yankie Blair, de 37 anos, que também ajudou a limpar o apartamento, disse: "Eu faço esse trabalho há 12 anos, mas quando vi o banheiro queria vomitar. Steve apenas riu e disse 'vamos, vamos ficar presos'. Ele nunca fica abalado por nada, é por isso que o chamamos de Príncipe do cocô".


O mais corajoso limpador da Grã-Bretanha foi quase morto em um acidente de estrada que eliminou o seu olfato quando ele trabalhou como motorista de entrega. Ele acordou no hospital com o seu olfato sensivelmente reduzido e agora tem uma placa de aço no lado direito do rosto.
Além do apartamento da "montanha de cocô" em Londres, Steve lidou com congeladores industriais cheios de carne e peixe apodrecendo e outro apartamento onde raspou o couro cabeludo de um homem que estava preso em um rodapé.
O limpador sem olfato, que trabalha para o CleanSafe Services, em Coulsdon, Londres, usa uma vestimenta de proteção e uma máscara para se proteger de bactérias e vírus mortais.


Em um apartamento de três quartos em Shepherds Bush, oeste de Londres, Steve e Yakinie encontraram todas as superfícies do local completamente cobertas de excremento marrom escuro, incluindo o chão.
Steve disse: "Realmente não me incomoda, eu realmente gosto mais desses trabalhos porque você pode ver o resultado rapidamente”.


Steve também é um dos agentes da CleanSafe selecionados para limpar rebeliões nas prisões, onde os presos mancham as paredes com sangue e excremento.
Ele acrescentou: "Atrás de muitos trabalhos existem casos de sofrimento humano, e sempre lembraremos disso".
O diretor-gerente, Steve Broughton, disse: "Steve saiu de uma situação de quase morte para ser um super-herói de limpeza extrema. Sua paixão pela limpeza extrema e a atitude de" colocar a mão na massa "é um verdadeiro trunfo para nossa equipe, sem mencionar a sua falta de olfato, o que certamente é um benefício adicional para alguns dos serviços que realizamos".

E você aí que nos assiste, ainda vai continuar reclamando do seu trabalho?

Informações: Mirror
Edição: NC
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário