Páginas

quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Boa notícia: Adesivo desenvolvido por cientistas pode substituir injeções de insulina


A diabetes é uma condição que está inserida no cotidiano de muitas pessoas. O indivíduo que possui diabetes do tipo 1, precisa injetar uma quantidade de insulina em si mesmo diariamente para que a taxa de açúcar possa ser controlada, já que o pâncreas não consegue produzir esse hormônio na quantidade necessária. Já que a aplicação ocorre por meio de uma agulha, normalmente esse processo costuma ser doloroso e incomodo.







Entretanto, uma ótima notícia para os diabéticos começou a repercutir na web. Cientistas estão desenvolvendo um adesivo que pode, no futuro, substituir as incômodas injeções frequentes que os diabéticos tipo 1 necessitam tomar. Menor do que uma moeda de 1 real, o propósito do pequeno dispositivo, que fica grudado na pele, é medir as taxas de açúcar na corrente sanguínea e liberar a quantidade ideal de insulina para mantê-las normalizadas.



A pesquisa foi publicada na revista Proceedings, da Academia Nacional de Ciências, relatando que em testes com ratos que apresentavam diabetes do tipo 1 foi possível constatar a diminuição de glicose por até nove horas. Segundo o coautor sênior, Gu Zhen: “Nós projetamos um dispositivo para diabetes que trabalha rápido, é fácil de usar, e é feito de materiais biocompatíveis, não tóxicos. Todo o sistema pode ser personalizado de acordo com o peso de um diabético e sua sensibilidade à insulina, para que pudéssemos fazer o dispositivo inteligente ainda mais inteligente”.


Os autores do estudo destacaram que as injeções de insulina atuais representam um processo para o paciente que é "doloroso e impreciso".
"Injetar-se uma quantidade incorreta de medicação pode derivar em complicações significantes como cegueira e amputações de extremidades, ou consequências mais desastrosas como o coma diabético ou a morte", destacou John Buse, outro dos autores da pesquisa.


Segundo o estudo, o diabetes afeta mais de 387 milhões de pessoas no mundo todo, e espera-se que o número aumente até 592 milhões para o ano 2035.
Genial, não acham? Com certeza esse adesivo irá ajudar a melhorar muito a qualidade de vida dos portadores de diabetes.

Informações: Info, G1, IG
Edição: NC
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário