Páginas

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Treinador de boxe finge a própria morte para provar os planos terríveis de sua esposa.


Fotos chocantes mostram um homem encenando a própria morte, simulando até um falso buraco de bala em sua cabeça, após descobrir que sua mulher teria contratado um assassino de aluguel para matá-lo.










O treinador de boxe, Ramon Sosa, posou como um cadáver ensanguentado para ajudar a polícia a pegar sua esposa Maria ‘Lulu’ Sosa. Ela contratou um atirador para matar seu marido por 1,500 euros e, então, riu quando viu a foto dele ‘morto’.


Contando com a ajuda do FBI, Ramon usou sangue falso para simular um tiro na cabeça. Após a encenação, o homem ficou escondido em um hotel por três dias para que um policial disfarçado pudesse contatar sua esposa.


Ramon, disse: "Sem querer, ela se aproximou de um cara chamado Gustavo para ver se ele poderia organizar o assassinato, sem perceber que éramos amigos. Eu o conhecia, porque eu tinha treinado ele. Ele estava com problemas no passado. No início, quando ele ligou e disse que precisava me ver, porque alguém queria me matar, eu pensei que ele estava brincando”.


Longe de ser uma brincadeira, Lulu, queria realmente a morte de seu marido para que ela pudesse colocar as mãos em seu dinheiro.
"Gustavo me disse que estava claramente séria e tinha mantido seus dedos em sua cabeça, em um gesto de tiro de arma", revelou Ramon.
Mas, seus planos foram frustrados, depois que Gustavo escondeu um microfone dentro de sua roupa e gravou sua próxima reunião, antes de entregar a evidência incriminadora aos policiais de Houston.
Lulu foi presa e passará os próximos 20 anos de sua vida em uma cela.


Informações: The Sun
Edição: NC
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário