Páginas

terça-feira, 7 de novembro de 2017

Nesta família, o pai é a mãe e a mãe é o pai. Este tipo de parto não é visto com tanta frequência na ala da maternidade.


No Equador, uma família especial acaba de se concretizar. Eles são especiais porque Fernando Machado e Diane Rodriguez não são pais típicos.

Nesta família, o pai, Fernando, é na verdade a mãe biológica e Diane Rodriguez, a mãe, é o pai biológico. Ou seja, os dois são transgênero. 




Fernando nasceu com uma genitália feminina e se chamava Maria. Com Diane, foi o contrário: ela tinha genitália masculina e foi criada como menino. Mas nos dias atuais os dois vivem felizes com os gêneros que são mais naturais para eles.


Como nenhum dos dois precisou de cirurgia para assumir a identidade de gênero com a qual se sentia mais confortável, eles simplesmente ajustaram a aparência como desejavam e mantiveram o corpo basicamente do jeito que sempre foi.
Então eles decidiram começar uma família, e foi sem questionamento que Fernando decidiu gerar a criança.
Eles não hesitaram em compartilhar a novidade sobre a gravidez com a internet e foram firmes em mostrar que eles eram simplesmente uma família normal, esperando que isso causasse a aceitação das pessoas transgênero e transexuais. 


"Nós estamos tentando quebrar os mitos sobre as pessoas trans", explicou a orgulhosa nova mãe. Diane se descreve como uma ativista dos direitos trans e está bastante ciente da dificuldade que isso pode ser no Equador. Ela já sofreu várias ameaças no trabalho e em 2012 ela foi sequestrada e agredida.
Quando o primeiro ultrassom deu a eles a primeira imagem de seu bebê, eles ficaram absolutamente extasiados. 


No dia do parto havia um pouco mais de ansiedade no hospital, porque um casal como Fernando e Diane não é visto com tanta frequência na ala da maternidade. Mas com Diane ao seu lado, Fernando passou pelo processo sem nenhuma complicação.



Agora, tudo o que resta é desejar a essa família colorida o melhor. Um brinde ao amor!

Informações: BBC, Quoi de News, via Não Acredito
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário