Páginas

quarta-feira, 22 de novembro de 2017

Lembra da grávida que posou com 20 mil abelhas na barriga? Infelizmente sua história não terminou com um final feliz.


Vocês se lembram do caso da mulher grávida que fez um ensaio fotográfico com milhares de abelhas pousadas sobre sua barriga? Pois bem, sua história não acabou com o final feliz que era tão esperado pela família.










Emily Mueller, 33 anos, de Ohio, Estados Unidos, ficou famosa nas redes sociais de todo o mundo por fazer uma série de fotos grávida e com mais de 20 mil abelhas na barriga. No entanto, uma triste notícia veio à tona nesta semana. O filho de Emily nasceu morto. Segundo os médicos, o bebê veio a óbito dentro do útero da apicultora. Em um post no Facebook, a mulher desabafou e deu detalhes sobre como tudo aconteceu. Além disso, compartilhou fotos do menino.


“Muitas pessoas esperavam a chegada do nosso famoso e doce bebê que foi a estrela de uma sessão de fotos com abelhas. Jesus decidiu que ele precisava do próprio apicultor e o tirou de nós, levando Emersyn Jacob para o convívio com ele”, escreveu.
Segunda a mãe de três, ela percebeu que algo não corria bem quando não sentiu mais seu bebê chutar. “Eu pensei que ele estava dormindo, mas o tempo foi passando e nada”, contou. Ao chegar no hospital, não era possível mais ouvir o coração do pequeno. “Nosso bebê estava morto. Ele nunca viria para casa conosco”, disse. Faltavam apenas seis dias para ela dar à luz.


Mas por que, afinal, a criança morreu ainda na barriga da mãe?
Os médicos ainda não sabem dizer ao certo o motivo. Após dar à luz ao garoto, a placenta foi enviada para testes e os pais esperam para saber a causa da morte. Ela acredita que seu filho morreu por um problema de coagulação de sangue, o que já aconteceu com outras pessoas na minha família.
Enquanto isso, a dor parece não ter fim. “Eu realmente esperava chegar em casa com ele e um sorriso”, desabafou a mãe por meio das redes sociais.


Emily foi questionada por internautas, dias após dar a notícia sobre a morte do bebê: "Tem a ver com o fato de você ter feito o ensaio com as abelhas?”.


Ela garante que não, apesar de admitir que, durante a sessão de fotos realizada em agosto, levou três picadas dos insetos: "Mas nenhuma em cima da barriga", especificou ela.


A pedido dos pais, os médicos permitiram que eles ficassem um pouco com o corpo do bebê, antes de ser velado.

Informações: Hora7, Metropoles, Daily Mail e Facebook
Edição: NC
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário