Páginas

segunda-feira, 30 de outubro de 2017

Rapaz com os maiores órgãos genitais do mundo passa por cirurgia de redução. Os médicos disseram que ele pode ter sido picado por um mosquito.


Horace Owiti Opiyo, conhecido como Forence, de Kibigori, no Quênia, notou um cisto em seus órgãos genitais em 2006, quando ele tinha apenas 10 anos de idade.










Um procedimento inicial eliminou o crescimento em 2007, mas o problema voltou a surgir anos depois. O jovem de 20 anos foi diagnosticado com elefantíase em seus órgãos genitais, o que significa que eles estavam inchando 20 vezes mais do que o normal. Com isso, o cisto fez com que o escroto e o pênis de Forence crescessem até quase um metro de comprimento.


Ele disse: "Isso começou muito pequeno, como uma erupção. De repente já era o tamanho do meu punho. Ele continuou a crescer e ficava cada vez maior".
A condição fez com que Forence abandonasse a escola, pois seus testículos estavam tão grandes que ele já não conseguia andar ou usar roupas com facilidade. Seus colegas de classe faziam bullying com ele e, como não tinha condições de pagar por uma cirurgia, decidiu passar mais tempo recluso na casa onde vivia junto de seu irmão Eliza e sua avó idosa, Salina. Os pais de Forence morreram quando ele tinha apenas 5 anos de idade.
"Eu disse a minha avó que fui infectado por uma doença, mas não tenho certeza se é isso mesmo. Pode ser uma maldição. Eu sabia que essa não era a obra de Deus, mas a do diabo” desabafou ele.
Alguns locais acreditam que a medicina herbal (que faz uso de sementes, frutos, raízes, folhas, casca e flores de plantas para fins medicinais) poderia curar a doença e Salina aconselhou seu neto a esfregar uma determinada erva selvagem em seus órgãos genitais. Forence acrescentou: "A dor tornou-se cada vez mais insuportável, de modo que eu nem conseguia andar ou sentar. Eu andava como se eu tivesse pernas curvadas”.
Em uma tentativa desesperada de ajudar Forence, seu vizinho, Duncan Otieno, tirou fotografias chocantes dos órgãos genitais do menino e os publicou no Facebook com um pedido de ajuda. A postagem foi viral durante a noite e chegou à esposa do governador do condado de Kisumu, Olivia Ranguma, que pediu para um médico para avaliar a condição do garoto. Uma ambulância foi enviada para ele imediatamente. Os médicos do Hospital examinaram Forence e diagnosticaram ele com elefantiasis Scrotal.




O Dr. Emmanuel Benge explicou: "É uma condição na linguagem médica chamada linfedema onde você tem inchaço nos tecidos. Neste caso, é sua genitália, então é algo chamado elefantiasis". A elefantiese escrotal pode ser causada por uma mordida de mosquito que leva larvas até a corrente sanguínea. As larvas amadurecem em vermes parasitas invasivos, que bloqueiam o sistema de drenagem do corpo causando um linfedema ou inchaço dos tecidos e engrossamento da pele. As varreduras mostraram que, profundamente, dentro do escroto de Forence, existiam dois testículos saudáveis.
O hospital agendou duas operações; a primeira para ressecar o escroto e livrar-se do excesso de massa e a segunda para reconstruir o pênis e moldá-lo em uma forma e tamanho mais comuns.


Felizmente para Forence, as cirurgias foram um sucesso!
"Fiquei feliz por ter feito a operação, não tive medo. Quando me levantei, fiquei surpreso com o fato de meu corpo ser tão leve. Todo o peso desapareceu”.


"Eu posso nadar agora. Eu não poderia chegar nem perto da água por causa do peso dessa coisa. Agora eu posso correr e posso jogar futebol. Agora estou livre!”



Informações: Metro, The Sun
Edição: NC

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário