Páginas

segunda-feira, 30 de outubro de 2017

Mulher é fervida viva enquanto limpava tanque de uma confeitaria


Acredita-se que Natalia Nemets, de 36 anos, tenha sido “fervida viva” em um terrível acidente que aconteceu em Stary Oskol na região de Belgorod na Rússia. 











A mulher que era mãe de uma criança de 10 anos de idade morreu quando o caramelo derretido de repente jorrou em um tanque enorme que ela estava limpando em uma fábrica de confeitaria.



Seus colegas perceberam que ela não estava em seu lugar na fábrica e quando eles a procuraram ficaram chocados ao ver apenas suas pernas saindo do caramelo no tanque. Eles não podiam fazer mais nada para salvá-la.


"Ela não chorou, nenhum outro barulho foi ouvido", disse um funcionário ao jornal local.
"Ela estava limpando o misturador quando o caramelo de repente começou a fluir na tigela", explicou uma colega.
"Ela foi fervida viva, isso é verdade. O caramelo foi removido da tigela gigante e só então o corpo dela foi retirado".
Natalia não teve uma única chance de sobreviver.
"Duas versões estão sendo consideradas agora - devido à alta temperatura do ar na sala de trabalho Natalia desmaiou e de alguma forma caiu na tigela", disse o jornal.
"A segunda versão é que ela tropeçou”.
Uma comissão de trabalho já começou a investigar o caso e deverá divulgar um relatório em 15 dias.
A gerência da fábrica de confeitaria inicialmente procurou encobrir o acidente, de acordo com relatórios locais. Eles teriam ameaçado trabalhadores para que não revelassem detalhes reveladores. No entanto, os detalhes da tragédia apareceram nas redes sociais e foi confirmado pelo Comitê de Investigação, que está investigando a morte.


Lamentamos muito por essa tragédia e esperamos que a empresa responda legalmente pela fatalidade causada!

Informações: Daily Mail, The Sun
Edição: NC
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário