Páginas

quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Menino de 5 anos pede para os médicos deixá-lo morrer para salvar a sua mãe doente


Todos nós já ouvimos alguma vez na vida a frase:
“Antes de ter filhos, não entendia o que era o verdadeiro amor”.
Uma chinesa chamada Zhou experimentou algo que nenhuma mãe deveria ter que passar. Quando seu filho Chen tinha apenas cinco anos de idade, ele desenvolveu um tumor cerebral.





Zhou ficou constantemente ao lado do filho. Mas não demorou muito para que o pesadelo da família se tornasse ainda pior. A própria Zhou foi diagnosticada com uma doença renal e logo mãe e filho eram colegas de quarto no hospital.


No começo, parecia que Chen melhoraria. Mas depois de uma recaída, o menino ficou paralisado e cego. Enquanto isso, a única chance de Zhou sobreviver era fazer um transplante de rim. Então, quando Chen entendeu que não iria conseguir viver, pediu aos médicos que o deixassem morrer para que ele pudesse salvar a vida de sua mãe.


A mãe de Zhou tentou persuadi-la a aceitar a oferta de Chen, mas Zhou não quis nem ouvir. Quando Chen descobriu que sua mãe recusou, ele implorou que ela ficasse com o seu rim. Foi seu último desejo. Chen não iria sobreviver, mas pelo menos seus órgãos poderiam salvar sua mãe e outras pessoas.
Finalmente, Zhou concordou com o desejo de Chen – e eles eram compatíveis.


Poucos dias depois, Chen faleceu. Seu corpo foi levado direto para a sala de operações, onde seu fígado e rins estavam preparados para serem doados. Antes da operação, os médicos honraram o garotinho com um momento de silêncio.
Com o incrível ato de gentileza do filho, Zhou se recuperou completamente. E o menino também salvou mais duas vidas: uma mulher de 21 anos recebeu seu segundo rim e um homem de 27 anos ficou com o seu fígado.
Que garoto valente! Aos sete anos, ele tomou uma decisão que nenhuma criança deveria ter que fazer e acabou salvando três vidas.

Informações: Newsner
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário