Páginas

sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Foi uma despedida emocionante: os últimos meses de vida desta cadelinha não serão esquecidos


Lindsey Hutslar, 24, de Ohio (EUA) ama sua husky de 5 anos, Irie, mais do que tudo. Mas quatro meses atrás, quando recebeu as más notícias de que sua cadela tinha um câncer incurável no nariz, a jovem sentiu seu mundo desmoronar.










Depois de superar o choque inicial, Lindsey decidiu fazer dos últimos meses de Irie os melhores de sua vida. Para isso, ela fez uma lista de coisas que sua cadela fiel deveria vivenciar antes de ir embora. 


Em seus planos não estavam apenas experiências culinárias, como uma boa carne no jantar, bolo e rosquinhas para cães, mas também aventuras, como um passeio de caiaque, uma viagem para acampar, andar de carruagem e uma excursão a um campo de abóboras. Ensaios fotográficos e uma ida à pedicure também figuravam na lista.


Alguns dos pontos altos foram uma visita ao corpo de bombeiros, pois Irie amava o barulho da sirene, e a sua festa de aniversário de 5 anos, na qual todos seus amigos se reuniram para fazer daquele um dos melhores dias de sua vida.



Durante todas essas experiências inesquecíveis, o tumor da husky crescia sem parar e foi do tamanho de uma noz para o de uma bola de golfe. O câncer se espalhava também pelo resto do corpo de Irie. O estado de saúde da cadela piorava a cada dia, chegando ao ponto em que Lindsey e o veterinário tiveram que tomar a difícil de decisão de acabar de vez com sua dor. 


Irie passou os últimos momentos de sua vida em um de seus lugares favoritos: o parque. Lindsey fazia carinho na sua amada cadela, até o momento em que ela foi colocada para dormir. Assim, em seu parque favorito, na sombra das folhas das árvores, Irie fechou os olhos pela última vez. 


Por mais difícil que tenha sido essa despedida, Lindsey sabe que os últimos quatro meses de sua cadela foram tão bons quanto possíveis, e que isso era o melhor que ela poderia fazer por Irie. 

Informações: Like Mag, Mail Online via Não Acredito
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário