Páginas

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

Rapaz descobre o triste segredo de sua vizinha e interfere de forma incrível


Quando Justin Hernandez, do Arizona (EUA), foi passear com seu cachorro pela vizinhança uma noite, descobriu algo estranho. Uma idosa entrou em seu carro, que estava estacionado no jardim de sua casa, mas não saiu para lugar nenhum. O jovem se sentiu incomodado, mas ao mesmo tempo não fazia ideia do motivo pelo qual a idosa estava agindo de maneira tão esquisita. 







Na noite seguinte, Justin fez a mesma coisa: passeou com o cachorro e viu a mesma cena da noite anterior. Novamente, a idosa entrou no carro e não virou a chave na ignição. 



Justin decidiu descobrir porque a mulher estava agindo daquela maneira. Quando ele a viu no dia seguinte, soube a triste verdade. Theresa, de 71 anos, dormia toda noite em seu carro. E quando o jovem viu a casa da mulher mais de perto, entendeu o porquê. 


Desde a morte de seu marido, Theresa ficou sozinha com seus cachorros. Ela não tem parentes que possam ajudá-la, então, com o tempo, sua casa ficou inabitável. 


"Partiu o meu coração. Uma mulher de 71 anos sentada sob uma temperatura de mais de 43ºC não está certo. Eu pensei que se fosse a minha avó ou a minha mãe, eu não gostaria que elas vivessem assim, então eu tive que fazer algo para ajudá-la a voltar para sua casa", explicou Justin.
Ele colocou mãos à obra. Justin criou uma página no Facebook, onde pediu mais ajuda para a idosa solitária. Não demorou muito para que muita gente de todo o estado do Arizona se juntasse ao rapaz, para voluntariamente retirar o lixo da casa e do terreno de Theresa. E eles não pararam por aí.




Justin criou uma página de doações para Theresa, para que ela pudesse usar o dinheiro para pagar o valor absurdo de suas contas e para que as autoridades municipais reativassem seu fornecimento de água e energia. Assim como ter sua casa de volta, Theresa recebeu um presente dos voluntários como toque final - uma renovada no visual, com direito a sentar em uma cadeira de salão de beleza novamente pela primeira vez em muitos anos.


Theresa está muito emocionada pela atitude altruísta das pessoas à sua volta: "eu não sei o que faria sem pessoas como eles. O que o mundo faria sem pessoas como eles. Existem muito poucas", ela disse. 


Porém, essa missão de caridade ainda não chegou ao fim. Doações ainda estão sendo coletadas para a viúva, assim ela terá uma casa decente outra vez.


É graças a pessoas como Justin que muitos indivíduos isolados e que passam por necessidades não perecem em nossa sociedade. Andar pela vida com os olhos abertos e reconhecer as necessidades dos outros seres humanos é algo que está se tornando raro atualmente. Vamos trazer isso de volta!

Informações: Newsner via Não Acredito
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário