Páginas

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Filho sai correndo para lugar proibido e família morre após cair em cratera de vulcão na Itália


Uma família de três pessoas morreu nesta terça-feira (12) em Nápoles, na Itália, ao cair em uma cratera do vulcão Solfatara, de Pozzuoli. As vítimas são o pai, a mãe e um filho de 11 anos. Uma criança da família de sete anos conseguiu se salvar. 






A polícia italiana ainda tenta determinar como o incidente ocorreu, mas, de acordo com testemunhas, o filho do casal ultrapassou uma zona interditada e os pais tentaram ir buscá-lo, mas todos acabaram caindo na cratera.


A região interditada, e acessada pela criança, é de areia movediça e com forte emissão de gases tóxicos, o que teria feito o casal perder os sentidos.
A família é natural de Turim e a criança sobrevivente foi encontrada aos prantos.
"Eu vi um menino correndo e chorando, mas não pensei que teria ali a pior tragédia que já vi na vida. Sou pai também", disse Diego Vitagliano, um pizzaiolo de Pozzuoli que estava no local.


A família era originária de Turim, mas vivia em uma fazenda perto de Meolo, na província de Veneza, informou o Corriere del Veneto . O infortúnio devastador aconteceu enquanto eles estavam desfrutando o último dia de suas férias antes de seus filhos voltarem para a escola no dia seguinte. 
Os socorristas disseram à mídia italiana que não havia nada que eles ou os transeuntes pudessem fazer para salvar o menino e seus pais.


A área foi evacuada enquanto os trabalhadores de resgate recuperaram os corpos - e eles foram retratados alinhados no chão cobertos por lençóis.



A Solfatara é uma das crateras dos Campos Flégreos, que ficam perto de Nápoles e são compostos por mais 40 zonas de erupção, 20 caldeiras e fontes termais.

Imagem ilustrativa

O vulcão Vesúvio é o mais famoso da região e é "vizinho" dos Campos Flégreos.

Imagem ilustrativa


Informações: R7 / Daily Mirror
Edição: NC
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário