Páginas

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Adolescente cansada de ser humilhada na escola por conta de sua condição faz cirurgia plástica a e fica parecendo outra pessoa.


Zara Hartshorn é uma inglesa que vive com uma doença genética estranha. Ela a herdou de sua mãe, que também sofre do mesmo problema, assim como dois de seus sete irmãos. O principal sintoma é fácil de enxergar: sua pele é tão flácida e enrugada, que muitas vezes ela é confundida com uma idosa. Mas... quantos anos você acha que ela tem? Ainda que seja difícil de acreditar, ela só tem 18! 






Nada tem sido fácil para essa família do Reino Unido. Até pouco tempo atrás, eles desconheciam completamente a doença que os afetava, por isso simplesmente iam ao médico sempre que algum problema grave de saúde aparecia. Além disso, Zara e seus irmãos sofrem bullying desde pequenos. Os meninos de sua idade, por exemplo, a chamam de "avó" ou "macaco", por causa do aspecto emaciado de seu rosto e de seus dentes podres. 
Foi exatamente o bullying na escola que foi criando uma ideia cada vez mais forte na cabeça da jovem: fazer uma cirurgia plástica. Sem isso, ela sentia que não seria capaz de enfrentar a vida, trabalhar ou ir para a universidade. No entanto, como se tratava de uma operação estética, o estado inglês disse que não poderia cobrir os custos. Porém, um centro médico dos EUA ficou sabendo de sua história e decidiu ajudá-la - gratuitamente! 


Mas a viagem aos EUA também tinha outro objetivo: averiguar que tipo de doença eles tinham e as verdadeiras consequências para o corpo. Eles estavam com medo, mas precisavam saber a verdade. 

Os resultados dos exames trouxeram más notícias. O nome da doença é Cutis Laxa, uma mutação genética raríssima. A pele flácida é um dos menores problemas que a doença pode desencadear. Os mais perigosos são os problemas respiratórios e cardíacos. Zara e sua família poderiam morrer a qualquer momento, acabar usando um tanque de oxigênio para respirar ou precisar de cadeira de rodas. 


Apesar do terrível diagnóstico, Zara continuava pensando que o mais importante era fazer a cirurgia plástica (um lifting facial) para parecer mais jovem. Após se submeter ao procedimento, todos estavam ansiosos para ver seu novo rosto. Eles não só esticaram a pele, como também arrumaram seu nariz. 


Antes de se olhar no espelho, Zara teve que passar alguns dias com várias bandagens na cabeça e com muita dor. Seu rosto revela o sofrimento pelo qual teve que passar, mas ela não se importava, desde que o resultado fosse impressionante. Então, chegou o dia de tirar as bandagens. Quando o médico retirou a última, que estava em seu nariz, ela não conseguia acreditar. Ela parecia outra: tinha rejuvenescido mais de 20 anos! A adolescente não conseguia parar de sorrir e se olhar no espelho, emocionada. 


Agora, Zara se sente, pela primeira vez, mais feliz com seu próprio rosto. Isso lhe deu a confiança necessária para pensar em como enfrentar o desafio mais difícil: viver com uma doença que pode acabar com sua saúde e provocar sua morte. No entanto, graças ao novo conhecimento sobre a doença, a família já está ciente dos exames que precisa fazer e das precauções que deve tomar. Esperamos que Zara encontre a força para viver a vida mais normal possível e que possa ser feliz por muito anos, sem complicações ou bullying. 

Informações: MailOnline, The Sun via Não Acredito
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário