Páginas

segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Voluntários divulgam escopo da condição de mulher que viveu em quase isolamento durante décadas


Uma mulher chinesa cujo nome não foi divulgado, que se acredita estar sofrendo de neuroblastoma, teria vivido em quase isolamento por décadas com sua mãe idosa. Este tipo raro de câncer afeta seus tecidos nervosos e faz com que seu rosto e pescoço inchem massivamente deixando, consequentemente, seu rosto com o dobro do tamanho natural.





Sem dinheiro para tratar a condição, a doença passou a se desenvolver incontrolavelmente. As imagens divulgadas na internet por voluntários de uma ONG mostram uma visita recente à casa da mulher, onde eles tentaram entender como ela está sobrevivendo.



Pensa-se que o câncer poderia ter sido herdado de um dos pais, mas sem um diagnóstico adequado, o escopo total da condição ainda não é claro. Na visita, a mulher e sua mãe explicam como ainda é capaz de comer, apesar do inchaço e dos subsídios da aldeia local.



Mas o dinheiro não é suficiente para pagar o tratamento, que pode incluir cirurgia ou radiação.
Os membros da ONG dizem que pode precisar de tratamento no exterior se ela receber ajuda além dos médicos na China.
Mesmo que ela receba o financiamento necessário para o tratamento, a mulher não disse explicitamente que ela aceitaria a opção.

Informações: The Sun
Edição: Redação Notícias Compartilháveis
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário