Páginas

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Marido joga gasolina sem querer no rosto da mulher e a deixa deformada. Agora, ela compartilhou a sua história e está revoltando a internet.


Em 30 de setembro de 2016, Courtney Waldon, de 27 anos, assava atum e aspargos em uma fogueira junto a seu esposo. Ao ver que as chamas diminuíam, o homem pegou uma lata de gasolina e jogou um pouco mais em cima delas, para avivar o fogo.







Nesse segundo, pequenas gotas de gasolina espirraram no rosto de Courtney. As chamas se expandiram rapidamente e alcançaram o corpo da moça. Com um grito de horror, a jovem mãe sentiu como se as chamas derretessem cada centímetro da sua pele, e enquanto ela rolava no chão para apagá-las, gritava com o marido para chamar a emergência. A ambulância chegou poucos minutos depois. 
No hospital, as notícias não eram boas: as queimaduras do rosto eram de quarto grau, enquanto as das pernas e mãos eram de terceiro. Os lábios estavam inchados, seu rosto, desfigurado e escurecido. Ela não tinha morrido, mas havia pouca esperança. O médicos a induziram ao coma para que não sentisse a dor agonizante de seu corpo e trabalharam arduamente para curar suas feridas pouco a pouco.




Courtney ficou em coma durante 30 dias. A jovem estava viva, mas 40% do seu corpo estava em condições deploráveis. No total, ela ficou 51 dias internada, passou por mais de 20 cirurgias de reconstrução e ficou com uma dívida de mais de 2 milhões de dólares. E isso não é tudo, pois no futuro ela terá que fazer mais de 12 cirurgias, uma por mês. Cada uma delas custando 11.000 dólares (cerca de 34.500 reais).



Quando Courtney pôde voltar para casa, sua pequena filha Caroline, que estava sendo cuidada por sua família, lhe demonstrou apoio, mostrando o quanto a amava e sentia sua falta. No entanto, apenas duas semanas depois, seu marido a abandonou. O motivo: não podia lidar com ela nessas condições. Courtney ficou sem esposo, sem trabalho e sem possibilidade de se movimentar; por tudo isso, perdeu sua casa e teve que ir morar com os pais. 
A situação era crítica. Courtney devia passar por cirurgias, aprender a mover os dedos, cuidar da filha e, sobre tudo, se aceitar. Ela mesma relata que quando se olhou no espelho, se sentiu mal e quase desmaiou: "Passei de ser a garota bonita, recém-casada, com a vida em ordem, a apenas ser capaz de me vestir e precisar de ajuda para tudo".



Mas uma incrível surpresa esperava Courtney e Caroline: a comunidade delas em Tallapoosa, Georgia (Estados Unidos) havia se comovido com a história e decidiu construir uma casa para elas! Por causa de sua condição, para Courtney era impossível conseguir um trabalho rapidamente, e muito menos um empréstimo no banco para uma casa própria. O presente de sua comunidade foi um gesto incrível de amor e solidariedade que comoveu milhares de pessoas.



Nessa casa, mãe e filha poderiam viver focadas 100% na recuperação de Courtney e na criação de Caroline. Incrível!



Com o novo lar, uma forte rede de apoio, seus pais e, mais importante, sua filha, Courtney está convencida de que poderá seguir adiante. É certo que seu rosto jamais voltará a ser como antes, mas ela sabe que sobreviveu por um motivo e que isso é mais importante do que as aparências. Agora ela quer ajudar pessoas que sobreviveram a eventos traumáticos como ela e fazê-las entender que existem maneiras de seguir em frente. A força dela é realmente invejável!


Informações: Dayli Mail via Não Acredito
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário