Páginas

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Mãe e filha são obrigadas a fugir de casa depois de larvas de um cadáver no andar de cima invadir sua casa.



Beau Marr disse que sua casa em Holt Park, Leeds, tornou-se um viveiro de larvas e moscas que penetraram no teto. Descrevendo a cena como parecendo 'algo saído de um filme de terror', ela disse que não conseguiu voltar para sua casa alugada por mais de duas semanas.









Acredita-se que os bichos asquerosos vieram de um cadáver que foi encontrado no apartamento de cima.
Uma operação de limpeza profunda em grande escala foi finalmente realizada no início desta semana, mas não antes que os pertences de Beau fossem completamente arruinados, ela afirma. A mãe de um bebê, que ainda está em licença de maternidade, gastou mais de £ 400 para substituir roupas de bebê, comida e um berço caro.
Beau disse: "Estou vivendo em um orçamento apertado no momento com um bebê recém-nascido e eu tive que comprar roupas e acessórios novos. Desculpe, mas quem tem alguma higiene não vai deixar o seu filho usar roupas que tiveram larva sobre elas, que vieram de um cadáver”.
"Foi como se fosse um filme de terror, nunca vi nada parecido. Isso me sacudiu e me chocou”.








O vizinho de Beau primeiro notou um forte cheiro de podridão vindo do apartamento diretamente acima do dela em 30 de julho.

"Depois de acionar a polícia, eles lhe disseram para olhar pela caixa de correio e foi quando o viram morto no corredor", acrescentou Beau.
"Pelo que me disseram que ele ficou lá por semanas. Seu corpo estava muito decomposto”.
"Eu decidi ficar com amigos e familiares enquanto o cheiro se filtrava. Entrei em contato com a associação de habitação e o oficial disse que nem sabia que ele havia morrido, eu fui a primeira pessoa a contar-lhes”.


Informações: Metro
Edição: NC
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário