Páginas

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Jamais deixe garrafas plásticas de água em seus carros. Aqui está o porquê:


Quando se trata de plásticos, todos nós sabemos que devemos ser reciclados, mas, quando isso não acontece, podem ser um perigo ainda maior do que pensávamos especialmente em certas condições climáticas.







Este homem aprendeu a lição da maneira mais difícil e descreveu a experiência em um sua página do Facebook em 13 de julho de 2017. Dioni Amuchastegui estava almoçando dentro do caminhão com o qual trabalha, quando, de repente, notou uma fumaça pelo canto do olho. O clima estava especialmente quente naquele dia, e Dioni tinha deixado uma garrafa de água no assento ao seu lado.



Como uma lupa, a água na garrafa de plástico refratou a luz do sol, criando calor suficiente para deixar o assento do passageiro do caminhão em chamas.



Por sorte, Dioni estava presente na hora e conseguiu mover a garrafa antes que a situação piorasse. No entanto, o assento do passageiro ficou com dois buracos provocados pela queimadura, sendo uma pequena amostra do que poderia ter acontecido.



A Science Focus explica: "Os raios do sol banham a Terra em um fluxo constante de energia térmica espalhada por metro quadrado. Embora este seja muito diluído para inflamar papel, madeira ou outras substâncias combustíveis, se os raios estiverem focados, o fluxo de energia fica concentrado o suficiente para exceder o limiar de combustão”.
Apesar de ser uma possibilidade remota, para evitar o risco de fogo o melhor é levar a garrafa de água consigo ou deixá-la debaixo do assento do carro, sem exposição solar direta.

Informações: shareably
Edição: NC
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário