Páginas

quinta-feira, 24 de agosto de 2017

Carcereira se dá mal após trocar mensagens obscenas com prisioneiro e manter relação secreta


Imagem de reprodução
A britânica Chelsea Blackwell, de 27 anos, trabalha como carcereira em uma prisão na cidade de Aylesbury, no Reino Unido. É normal as pessoas se apaixonarem pelas outras. Até aí, tudo bem. O problema foi que Chelsea se apaixonou por Emmanuel Calender-Scott, de 21 anos, que estava cumprindo sentença por violência.






Emmanuel estava dentro da cadeia e ainda é um mistério para a polícia como ele estava em posse do aparelho, já que Chelsea assumiu apenas que trocou mensagens com o prisioneiro e não disse se facilitou ou não a entrada do celular na prisão. A polícia registrou quase 900 mensagens enviadas do celular de Chelsea para Emmanuel, com uma boa parte sendo de cunho adulto.





Além disso, ficaram registradas em torno de 120 ligações da casa dela, a maioria sendo na parte da manhã. As coisas não ficaram só nas mensagens. A polícia também encontrou algumas cartas que Chelsea tinha enviado para o seu amor proibido.



As cartas não estavam com o nome dela. Porém, todas com o endereço da britânica. As mensagens datam de julho a agosto de 2016. Porém, o caso só foi a julgamento nessa semana.



Ficou decidido que Chelsea passará oito meses atrás das grades por abuso de poder.



Informações: Folha Max
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário