Páginas

quarta-feira, 19 de julho de 2017

Segurança encontra menina jogada em fossa na floresta sendo devorada viva por formigas


Imagem de reprodução
Denis Saranzev trabalha como segurança em uma fábrica em Chelyabinsk, na Rússia. Como parte de seu trabalho, ele patrulha a propriedade diversas vezes ao dia. Na maioria das vezes, não há muito para se ver e tudo está quieto. Porém, um dia, ele ouviu algo que chamou sua atenção: era o som de um bebê chorando na floresta nas proximidades. 




Denis seguiu o som até chegar a um fosso, onde encontrou uma cena chocante: um bracinho no meio das folhas caídas. 


O homem se aproximou cuidadosamente e retirou as folhas, revelando uma sacola plástica fechada. Quando abriu-a, ele não conseguia acreditar no que via: era uma bebezinha completamente coberta de sujeira e insetos - mas, surpreendentemente, ela estava viva! 
Denis imediatamente contatou a polícia e levou a bebê ao hospital. As formigas já tinham entrado bastante no canal auditivo da menina de cinco dias de idade, mas, por algum milagre, ela tinha conseguido sobreviver.






A menininha foi chamada de Kristina e se recuperou de forma impressionante. Suas orelhas e seus olhos foram os que mais sofreram, mas, após receberem os devidos cuidados, se recuperaram rapidamente. Ela logo começou a ganhar peso e se tornou uma bebê saudável.





Pouco tempo depois, as autoridades conseguiram localizar a mãe biológica de Kristina. Eles imediatamente prenderam Olesya Lukyanova, 22 anos, que nem sequer tentou justificar seu crime terrível. A única coisa que ela fez foi alegar que tinha sido estuprada, mas maiores investigações revelaram a verdade: Olesya simplesmente não queria se responsabilizar pela recém-nascida. 





O pai de Kristina, Andrey Shelishpanov, logo foi identificado. A polícia contatou o homem, que ficou chocado quando ouviu o que tinha acontecido. Ele tinha visto a notícia sobre a bebezinha encontrada na floresta, mas nunca tinha pensado que pudesse ser a filha de sua ex-namorada. 



O jovem casal estava junto há poucos meses quando Olesya ficou grávida. Andrey queria continuar o relacionamento, ter o bebê e criá-lo. Porém, Olesya se recusou e decidiu que faria um aborto ao invés disso - ou pelo menos era o que ela afirmou que faria. Depois do término, Andrey conheceu Tatyana, que agora é sua esposa. 



Depois de ser inocentado de qualquer crime, ele teve permissão para visitar sua filha no hospital. Um teste de DNA confirmou que ele era o pai, e logo recebeu autorização para levar Kristina para casa e criá-la com sua esposa. Olesya foi sentenciada a dois anos de liberdade condicional, uma pena que muitos consideraram muito branda para um crime tão horrível.



Na verdade, a história de Kristina tem dois finais felizes. Uma criança de cinco dias sobreviver a tal situação era um milagre por si só, mas então veio o segundo final feliz e incrível que foi o de encontrar um lar amoroso junto ao seu pai. Andrey e sua esposa Tatyana podem não ter planejado se tornar pais tão repentinamente, mas estão super animados por terem Kristina em suas vidas. Desejamos tudo de bom para o futuro deles. 

Fonte: 

Youtube, ura.news, via Não Acredito






Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário