Páginas

segunda-feira, 31 de julho de 2017

Homem encontra mão humana intacta no gelo e turbina de avião


O membro descoberto, provavelmente, pertencera à vítima de um acidente aéreo de 1966. 




O investigador Daniel Roche que estuda o glaciar dos Bossons, no Mont Blanc, e que há anos está nesta missão de encontrar destroços do desastre aéreo, relatou ter encontrado uma mão e a parte superior de uma perna. 



"Eu nunca tinha encontrado alguma parte do corpo humano significante como essas antes", disse, segundo o jornal britânico The Guardian. 



Tudo indica que os restos pertençam aos passageiros de um dos dois aviões da Air India que caíram naquela mesma região.
O primeiro avião que caiu na montanha é datado de 1950 e matou cerca de 48 pessoas. O segundo acidente ocorreu em janeiro de 1966. Era um Boeing 707(também da Air India) que vinha de Bombaim (India) com destino a Nova York. O avião colidiu perto do cume de Mont Blanc. Nenhuma das 117 pessoas que estavam a bordo sobreviveu ao impacto. 
Roche diz acreditar que a mão é de uma passageira do voo de 1966 e descobriu também um dos quatro motores a jato do avião. 



O investigador contatou os serviços de emergência locais do vale de Chamonix, que sobrevoou a montanha num helicóptero, a fim de examinar os restos. 


As informações são de CM mundo, vírgula UOL e adaptações NC.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário