Páginas

terça-feira, 13 de junho de 2017

Mãe mantem corpo do filho no porão por 22 anos e banha o cadáver com bebida para preservá-lo


Imagem de reprodução
Como a maioria dos pais, Tsiuri Kwaratskhelia, da República Democrática da Geórgia, queria manter seu filho por perto para sempre. Mas para ela, isso significou levar as coisas longe demais. Quando seu filho Joni Bakaradze morreu em 1995, aos 22 anos, Tsiure teve dificuldades em deixá-lo.





Assista ao vídeo:



De fato, ela decidiu que não conseguiria e acabou mantendo seu corpo em um caixão em seu porão durante 22 anos. 



Ela preservava o corpo usando bálsamo, até que uma voz em seu sonho lhe disse para usar vodka no lugar. Desde então, ela tem banhado o cadáver de seu filho com a bebida diariamente. "Você não pode deixar o corpo a noite toda sem envolvê-lo, caso contrário, ele ficará preto. Durante os primeiros 10 anos, eu troquei as roupas dele em seu aniversário", explicou Tsiuri. 



Mas com o passar dos anos, a saúde da mãe piorou e ela não conseguia mais cuidar propriamente do seu filho mumificado. No entanto, ela ainda está determinada a manter Joni em casa por tanto tempo quanto for possível. Ela acredita que isso ajudará seus netos a lembrar dele. "Joni queria que seu filho visse que tipo de pai ele tinha", ela diz. "Ele era um bom homem."


Informações: Não Acredito

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário