Páginas

sexta-feira, 23 de junho de 2017

Funcionário impedido de entrar de bermuda se vinga da empresa de forma inusitada e ganha apoio na internet


Imagem de reprodução
Um jovem britânico de 20 anos, chamado Joey Barge, foi impedido de entrar nas instalações do call-center onde trabalha por usar bermuda, roupa considerada pela empresa como "inapropriada".




Indignado com toda a situação, o britânico decidiu então recorrer ao Twitter e colocou a seguinte pergunta. "Se as mulheres podem usar saias e vestidos no trabalho, também posso usar calções, certo? Não. Acabei de ser mandado para casa", escreveu Joey.



Foi então que teve a ideia de colocar um vestido de mulher, de acordo com os regulamentos da empresa, e regressar à empresa para trabalhar.


No entanto, e já nas instalações da empresa, não foi obrigado a ir para casa, em vez disso, os seus superiores perguntaram se não queria ir mudar de roupa, porque o vestido era "demasiado colorido", mas Joey disse que estava bem assim.



Com isto o jovem conseguiu uma pequena vitória, apesar de tudo: tendo em conta a onda de calor que se fazia sentir, os responsáveis da empresa permitiram que os homens usassem bermudas, desde que fossem apenas de cor "preto, azul marinho ou bege".




Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário