Páginas

terça-feira, 25 de abril de 2017

Esta mulher leva um cão de rua doente para casa e deixa os vizinhos espantados. 2 meses depois, eles fazem fila em sua porta.


Imagem de reprodução
Em fevereiro de 2015, um transeunte vê algo pavoroso nas ruas da Cidade do México. Considerando que haja mais de 1 milhão de vira-latas nas ruas da cidade, você imagina que as pessoas já tenham visto de tudo. Mas esse pobre cão estava com uma aparência horrível:




Assista ao vídeo:




O cachorro não está apenas faminto, mas seu corpo também está coberto de tumores. Profundamente abalado, o homem o leva até a ativista de direito animal Dalia Gámez. Ela o adota, dá a ele o nome de Boby e decide cuidar do cãozinho. Ela o leva para um veterinário, onde eles o examinam da cabeça até as patas.



De acordo com os veterinários, Boby tinha cerca de 2 anos. Eles prescrevem quimioterapia para os tumores. Como o tratamento é agressivo, Dalia espera que o bom humor de Boby o ajude a passar por isso. Ela o faz companhia durante todas as sessões de quimioterapia, lhe dá abrigo e conta a história dele na internet.
Boby tem que passar por 8 sessões de quimioterapia em 2 meses. Isso é muito pesado para um animal mal nutrido. Dalia se pergunta diariamente se ele conseguirá sair dessa.



Mas o cãozinho logo mostra a ela o quanto é forte. Dalia fica impressionada com sua rápida recuperação depois dos procedimentos exaustivos. As feridas de Boby se curam rapidamente e um pelo brilhante começa a cobrir suas cicatrizes.



Logo Boby está correndo de novo. Sua incrível recuperação o transforma em uma sensação local. Os vizinhos de Dalia fazem fila para vê-lo. A fama dele ajuda Dalia em sua próxima missão: encontrar uma família adotiva amorosa para ele. E não demora muito para que a missão seja cumprida.



Com um apertinho no coração, Dalia se despede de Boby e o deixa sob os cuidados de sua nova família. Os pais adotivos de Boby estão contentes por darem um novo lar a esse valente e bonito cachorro. Cheio de energia, ele aproveita a vida ao máximo. Apenas uma ou duas cicatrizes permaneceram para lembrá-lo do período negro de sua vida.



A transformação de Boby nos mostra que todas as criaturas merecem uma chance. Aos olhos de muitas pessoas que passaram por ele, Boby era uma causa perdida. Porém, graças a pessoas como Dalia, que não desviam o olhar, talvez um dia as pessoas se conscientizem e parem de tratar animais de rua como lixo

Não Acredito
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário