Páginas

terça-feira, 11 de abril de 2017

Ele chegou vestido de mulher no funeral do amigo. Mas quando o motivo foi revelado, a família não pôde conter as lágrimas.


Imagem de reprodução
Um rapaz chamado Kevin Elliot faleceu enquanto servia no Afeganistão. Familiares e amigos estavam reunidos para que pudessem prestar suas ultimas homenagens.
A mãe que teve o filho morto chorava inconsolavelmente e as demais pessoas remoíam lembranças boas do rapaz em vida, até que o evento foi interrompido por um jovem chamado Barry, melhor amigo de Elliot. O jovem adentrou usando um vestido amarelo e uma meia rosa fluorescente.


Em um primeiro momento, a atitude inesperada de Barry causou grande estranheza nos presentes, que não paravam de se perguntar qual seria o motivo daquilo. Assim que Barry se explicou, ninguém pode conter as lágrimas.





Segundo ele, ambos haviam se conhecido no colégio, onde eventualmente se tornaram melhores amigos. Como se consideravam irmãos tinham um laço muito forte, e por isso decidiram ingressar juntos no exército. No entanto, esse laço foi quebrado quando Elliot morreu durante um confronto no Afeganistão.


A razão de Barry ter se vestido daquela forma no funeral era que, antes de saírem para a guerra, ambos prometeram um ao outro que voltariam vivos. Para garantir isso, decidiram impor um castigo para a quebra da promessa. A punição seria que, quem sobrevivesse seria obrigado a ir ao funeral do outro usando um vestido amarelo chamativo e meias rosa.




Barry explicou que à época explodiu em risos ao ouvir a ideia da promessa, mas que não imaginaria que ela teria de ser cumprida um dia. Mas, para a infelicidade de todos, o soldado Kevin Elliot, de 24 anos, morreu em 31 de agosto, durante operação na região de Babaji, na província de Helmand. Ele foi o primeiro voluntário a se apresentar para ajudar um grupo de soldados sob fogo cerrado. No tiroteio também morreu o sargento Stuart Millar. Então, seu melhor amigo, por mais abatido que estivesse, honrou sua palavra.
Quando os pais de Elliot descobriram sobre a história, ficaram emocionados e agradeceram a Barry pela amizade e grande carinho que tivera com o filho.
Certamente, Elliot, onde quer que esteja, deu boas risadas e deve ter se sentido muito satisfeito em saber que, em sua jornada na terra, pode construir uma amizade tão leal e verdadeira.

Informações: Little Things
Edição: NC
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário