Páginas

quinta-feira, 16 de março de 2017

Tudo que essa garotinha queria era estudar. Mas o que os alunos fizeram com ela é de partir o coração.


Imagem de reprodução
Shalini Yadav, de apenas 16 anos, sofre de uma síndrome inflamatória de pele chamada eritrodermia. Também conhecida como dermatite esfoliativa, ela provoca o ressecamento da pele e sua descamação. Por esse motivo, ela foi expulsa de sua escola, pois sua aparência estava assustando os outros alunos.




Sua condição exige a aplicação de um hidratante especial na pele várias vezes por dia para evitar a descamação, algo que a família não pode pagar, de acordo com informações do jornal Daily Mail. Por isso, a cada 45 dias, sua pele cai. “Shalini sofre com essa doença desde a infância”, disse a mãe, Devkunwar. “Procuramos vários médicos, mas nenhum deles pode curá-la e sua condição continuou a piorar”.



“Sinto-me tão desamparada quando vejo sua pele cair causando-lhe uma dor terrível”, acrescentou. “Essa doença não está matando, mas está acabando com sua vida pouco a pouco. Não temos ideia de onde ir ou quem consultar”. “É melhor morrer do que viver uma vida dessas”, disse.


Para seu pai, Rajbahadur, a doença é semelhante a uma pele gravemente queimada, “da sola dos pés à cabeça”. “É realmente triste, porque ela não nasceu normal e tem escamas por todo o corpo”, disse ele. Enquanto sua aparência acabou provocando medo nos alunos da escola onde estudava e sua expulsão, sua vontade de estudar ainda é grande.


“Eu queria [estudar], mas eles me jogaram para fora da escola porque as crianças ficavam assustadas ao verem meu rosto”, disse ela.
“Todo mundo em minha família está sofrendo por causa da minha condição médica, mas qual a minha culpa? Que pecado eu cometi para ser amaldiçoada com essa doença?”
“Eu quero viver”, acrescentou. “Por favor, me ajude se puder”.

Daily Mail, via Não Acredito
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário