Páginas

segunda-feira, 13 de março de 2017

Este homem foi engolido vivo por uma cobra para filmar a experiência. O que ele fez chocou o mundo; veja


Imagem de reprodução
Imagens chocantes de um homem sendo engolido por uma anaconda estão chamando a atenção na internet.
As imagens fazem parte do programa da Discovery Channel chamado Eaten Alive ou, “comido vivo” em tradução livre, e mostra o naturalista Paul Rosolie sendo engolido por uma cobra gigante e posteriormente regurgitado.


Anacondas são um tipo de jiboia e como não possuem veneno, usam força muscular para asfixiar a presa.Após matar a presa por sufocamento, ela a engole por inteiro.





Para realizar tal experiência, foi desenvolvido um tipo de armadura de fibra de carbono para que Paul sobrevivesse ao sufocamento da cobra. 



Para convencer a cobra de “comê-lo”, o naturalista se sujou de sangue de porco e se aproximou da cobra como se fosse uma presa. A organização dedicada aos direitos dos animais, PETA, se manifestou sobre essa atitude e disse que Paul e a Discovery abusaram do animal apenas para fazer dinheiro.O PETA acredita que a cobra tenha morrido nessa experiência, mas o naturalista afirmou que pensaram no bem-estar do animal.



A experiência em questão acontece no Amazonas, e, de alguma forma, Paul conseguiu filmar o interior da cobra. Para ser regurgitado, um especialista acredita que a cobra foi chutada, o que, se feito corretamente, pode convencer o animal a regurgitar sem maiores problemas.Mas, alguns biólogos apontam que o ato de ingerir e depois regurgitar um homem pode ter deixado o animal sem energia para sobreviver.



Quando o programa foi ao ar, a opinião pública ficou chocada, e o herpetologista Leslie Anthony e outros especialistas acharam essa história ridícula.


 Apesar de todo esse suspense feito pelos criadores do programa, Paul só foi engolido até o ombro, quando a mandíbula da cobra deixou seu braço dormente.

Business Insider / Wikimedia, via Jornal Ciência
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário