Páginas

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Quando esta menina acordou, seu queixo estava cortado de orelha a orelha. Ninguém imaginava que isso fosse possível.


Imagem de reprodução
Melyssa Delgado Braga, uma garotinha de 3 anos da cidade de São Paulo, nasceu com uma condição severa que fez os primeiros anos de sua vida serem extremamente difíceis. Mas Melyssa também tem muita sorte de ter pais amorosos e dedicados, cuja determinação deu à menina a chance de ter uma vida normal e saudável. 





Melyssa Delgado Braga, uma garotinha de 3 anos da cidade de São Paulo, nasceu com uma condição severa que fez os primeiros anos de sua vida serem extremamente difíceis. Mas Melyssa também tem muita sorte de ter pais amorosos e dedicados, cuja determinação deu à menina a chance de ter uma vida normal e saudável. 








Logo após seu nascimento, Melyssa foi diagnosticada com um tumor benigno. Não havia risco de câncer, mas o tumor era muito grande e estava causando outros problemas de saúde. Ele continuou a crescer até que, aos 3 anos, Melyssa já não conseguia mais falar ou comer direito.




O caroço gigantesco estava tirando sangue do resto do corpo da menina, a ponto de Melyssa ficar tão cansada que mal podia se mover. O sistema imunológico dela estava ficando cada dia mais fraco.
Os pais de Melyssa, Carol, de 21 anos, e Manasses, de 25, ficaram desesperados. Aqui no Brasil, ao que parece, não há ninguém que tenha podido oferecer à filha deles o tratamento que ela precisava. Carol e Manasses não podiam suportar ver a filha deles sofrer tanto, e se sentiram derrotados por não conseguirem dar a ela uma vida decente.



O casal decidiu tomar as rédeas da situação e começou a usar as redes sociais para buscar ajuda. Eles criaram uma página no Facebook chamada "Ajudem a Melyssa" e tornaram sua história pública. O objetivo deles era conseguir apoio financeiro para viajarem para os Estados Unidos, onde Melyssa poderia passar pelo tratamento que precisava.
Logo a perseverança deles teve resultado. Enquanto checava as notícias de seu país natal, o Dr. Celso Palmieri, da clínica "Oral and Maxillofacial Clinic" em Nova Orleans, se deparou com a página de Melyssa no Facebook. Ele ficou imediatamente tocado pela história da família e entrou em contato com o seu colega de profissão, o Dr. Ghali, para descobrir se podiam ajudar.



O Dr. Ghali concordou e ele e o Dr. Palmieri começaram a tratar de tudo para levarem a família inteira para os Estados Unidos. Eles sentiram que era importante para Melyssa estar cercada de seus entes queridos durante o que provaria ser um tratamento muito extenso e difícil.
Para cobrir os custos dessa visita, os médicos pediram assistência financeira à empresa Willis-Knighton Health System (Sistema de Saúde Willis-Knighton). Impressionantemente, a organização concordou em cobrir não apenas as despesas de viagem e acomodação, mas também os custos do tratamento.
Os pais de Melyssa não podiam acreditar em sua sorte: "Nós estávamos desesperados para salvar a vida da nossa filha. Os cirurgiões no Brasil nos disseram que Melyssa iria morrer porque o tratamento que eles queriam dar a ela seria demais para seu sistema imunológico enfraquecido".
Logo eles estavam a caminho dos Estados Unidos, com esperança de que a provação de Melyssa chegasse ao fim.


Mas quando os médicos examinaram Melyssa pela primeira vez, ficaram chocados: o tumor havia progredido muito além do que eles esperavam e tinha começado a atacar a mandíbula dela até os dentes. Era como um parasita que se alimentava do corpo de Melyssa para poder crescer. Eles souberam naquele momento que a cirurgia seria mais difícil do que imaginaram e não tinham certeza do sucesso.
O grande dia chegou e Melyssa estava pronta para a cirurgia. A família dela aguardou ansiosamente, e a espera foi muito longa. As horas passavam e a tensão aumentava a cada minuto. Mas, finalmente, oito horas depois, Melyssa saiu da sala de cirurgia e foi levada para a ala de recuperação. A operação foi um sucesso! Os médicos conseguiram remover 2,5 kg de tumor. A vida de Melyssa estava prestes a mudar para sempre.


Quando Melyssa acordou, ela mal podia acreditar no que viu no espelho. Mesmo tendo um corte grande no queixo, que ia de orelha a orelha, ela ainda assim parecia mais com uma garotinha "normal" do que jamais pareceu. Foi o dia mais feliz de sua vida.
Algumas semanas depois, ela sorriu e conseguiu comer novamente. Sua nova vida havia começado.



Melyssa está muito melhor, mas ainda há um longo caminho pela frente. Pelos próximos dez anos ela vai precisar de várias outras cirurgias para garantir que seu tumor não retorne. É um tratamento caro, mas a família está recebendo o apoio financeiro bastante generoso de uma organização sem fins lucrativos.



Melyssa é uma garotinha muito corajosa que, junto com sua família amorosa e profissionais médicos generosos, conseguiu superar uma terrível condição que, de outra maneira, teria tirado sua vida. É incrível ver o poder das redes sociais e o que pode acontecer quando pessoas estendem a mão para as outras. Para Melyssa e sua família, isso deu a eles uma chance muito boa de terem uma vida saudável e feliz. E por isso eles serão eternamente gratos.


Fonte: Express, WBNews, via Não Acredito
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário